Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010
Porque não se calam...

Não há solução. À falta de assunto para discutir, já que a selecção ainda «respira», os últimos dias são aproveitados para jogadas de bastidores, com intervenção pouco agradáveis de protagonistas com responsabilidades.

Luís Filipe Vieira e André Villas Boas, passada que foi a agitada assembleia geral do Sporting - outra manifestação de mau gosto -, animaram a «malta» com conversa - desculpem o desabafo - fiada, pois não contribui com nada de positivo para o futebol.

O presidente do Benfica, que apoia a recandidatura de Gilberto Madaíl, mas veria com melhores olhos o lugar na FPF ocupado pelo benfiquista Fernando Seara, continua a criticar o treinador do FC Porto.

O responsável técnico dos dragões, à boa maneira de Pinto da Costa, apontou baterias para a Luz a propósito das queixas mútuas sobre algumas arbitragens e não poupou o líder do Benfica.

Declarações insensatas e reveladoras de má educação, apenas «úteis» para entreter o pagode até se conhecerem na verdadeira dimensão e discutirem as medidas contra a crise, a pressagiar autêntico tsunami para os portugueses, qualquer que seja o desfecho.

Não se pense, no entanto, que esta vergonha mediática é restrita ao nosso rectângulo territorial. Em Espanha, a propósito do jogo entre o Málaga e o Real Madrid - Jesualdo Ferreira e José Mourinho estarão frente-a-frente - o diário desportivo Marca tentou arranjar uma guerra entre os dois e fez manchete - com apresentação infeliz - de declarações prestadas há anos pelo Lo Especial, quando o seu ex-professor e colega de profissão ainda não tinha conquistado títulos.

Bem se dizia antigamente: a bola é a melhor coisa do futebol.



publicado por António Castro às 23:47
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Junho de 2010
Dragões iniciam ciclo a pensar em coisas Boas

Os dirigentes do FC Porto transmitiram alguma pompa à cerimónia de posse de André Villas Boas como sucessor de Jesualdo Ferreira na direcção do futebol do Dragão.

Com as atenções viradas para os inúmeros nomes apontados como aquisições - ou dispensas - em quase todos os clubes, tanto de Portugal como no estrangeiro - muitas deles divulgados para ver se surge um anzol, o dia 4 ficou marcado pela entrada de um jovem de 32 pela porta grande do estádio portista.

André Villas Boas terá cativado os adeptos do FC Porto ao proferir declarações a romper com os lugares comuns e, surpreendentemente, revelou sentido de humor e deixou escapar alguns sorrisos, raros enquanto esteve ao serviço da Académica de Coimbra.

Os contactos que manteve com o saudoso treinador inglês Bobby Robson e o agora «mítico» José Mourinho foram referidos e merecerem-lhe curioso comentário.

Pinto da Costa não costuma enganar-se nas suas apostas e esta não encerra tanto risco como possa pensar-se, já que André Villas Boas esteve, a partir dos 17 anos, bastantes temporadas no FC Porto e teve experiências de certeza proveitosas no Chelsea e no Inter antes de se emancipar em terras do Mondego.

A partir do termo do Mundial da África do Sul, parte das expectativas da nova temporada estarão dirigidas para as novidades que vierem da zona portuense das Antas.

A responsabilidade não é pequena, porque naquelas paragens o único lema será recuperar o ano perdido para o Benfica.



publicado por António Castro às 14:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009
Casos do período de ausência (IX)

No último dia (11 deste mês) em que falhei o «compromisso» mantido com o meu blogue de nunca deixar de emitir algumas reflexões, havia grande agitação para as bandas de Alvalade. Fora anunciado que estava por horas a contratação de André Villas Boas, a tal ponto que José Eduardo Bettencourt teria comunicado a dispensa dos serviços aos adjuntos de Paulo Bento.

Um estudioso do futebol, que acompanhou José Mourinho na equipa técnica do FC Porto e cujos dotes de observador e estudioso do futebol impressionaram o já saudoso Bobby Robson, parecia destinado, no ano da estreia como principal responsável, a trocar a Académica por Alvalade, faltando apenas o acerto da compensação a receber pelo clube de Coimbra.

Afinal, a mudança gorou-se, e mais tarde foi noticiado que nem houvera acordo entre os clubes, nem André Villas Boas estava interessado em treinar o Sporting.

Razões só o próprio treinador saberá, mas certas figuras não se dispensaram de lançar algum veneno para explicar a situação.

O tempo acaba sempre por desvendar certas atitudes.

 



publicado por António Castro às 19:57
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Porque não se calam...

Dragões iniciam ciclo a p...

Casos do período de ausên...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links