Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quarta-feira, 20 de Julho de 2011
Celeste esperou 12 anos

O afastamento prematuro, face às expectativas, das selecções da Argentina e do Brasil, tornou mais aberta a actual edição da Copa América. O Uruguai já assegurou a presença na final ao derrotar o Peru nas meias-finais (2-0) e espera agora pelo desfecho do confronto entre paraguaios e venezuelanos, estes a grande surpresa da competição.

Desde há 12 que o seleccionado onde atuaram como titulares Maxi Pereira (Benfica) e Álvaro Pereira (FC Porto) não chegava ao jogo decisivo, perdido para o Brasil (3-0) em 1999. Menos sorte tiveram as recentes aquisições peruanas do Sporting, o titular Alberto Rodriguez e o suplente não utilizado André Carrillo.

Apesar do nível dos espectáculos nem sempre se apresentar o mais atraente, razão explicada por certas tácticas impostas pelos treinadores, existe uma nova ordem no futebol mundial.

Cada vez se torna mais difícil fazer prognósticos... antes dos jogos.



publicado por António Castro às 15:06
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Julho de 2010
À terceira...

A Holanda tenta, pela terceira vez, conquistar o título mundial. Esteve presente em duas finais - sob a batuta do famoso Cruyff (1974) e contrariando o favoritismo, foi eliminada pelos anfitriões alemães, e em 1978, quando perderam para os argentinos, com a sua vedeta ausente por  se negar a actuar no país dominado pelo ditador Jorge Rafael Videla.

A terceira hipótese surge agora na África do Sul, na sequência de uma vitória sofrida perante o Uruguai, uma das surpresas do campeonato e que consagrou definitivamente o avançado Diego Fórlan.

Aliás, foi o avançado do Atlético de Madrid que, com um excelente pontapé de livre respondeu ao anterior «petardo» do holandês Van Bronckhotst. A partir do empate e até ao intervalo, os holandeses sentiram dificuldades em organizar a manobra a partir do meio-campo, devido ao esquema táctico adoptado por Óscar Tabárez, que não desperdiçava a possibilidade de surpreender no contra-ataque.

Sneidjer, mais uma vez, também de livre, deu expressão ao superior domínio dos europeus na segunda parte, e seria Robben - de cabeça,

imagine-se -, a aproveitar  alguma desorientação dos sul-americanos para garantir a passagem à final.

É que o Uruguai não baixou os braços e remeteu o adversário para as suas linhas recuadas e ainda reduziu a diferença em bom lance do benfiquista Maxi Pereira, que só não abalou mais a estrutura da Holanda porque já se jogavam os minutos de compensação.

Um apuramento suado, reconhecido pelo treinador Van Marwijk, e uma derrota aceite com fair-play pelo seu homólogo Óscar Tabarez.



publicado por António Castro às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 2 de Julho de 2010
Holanda reduz Brasil à vulgaridade

As irritações de Dunga acabaram. A tradicional magia do Brasil não resistiu à organização, pragmatismo e eficácia dos holandeses. O treinador dos canarinhos mostrava-se, nos últimos jogos, demasiado irritado no banco, a protestar por tudo e com todos (jogadores e árbitros). Sintoma de que, apesar das vitórias, não gostava, em certos momentos, das soluções encontradas pelos seus comandados para contornar certos obstáculos.

Se na primeira parte, com o golo de Robinho (10 m) e alguns bons lances de Kaká, já demonstrou alguma intranquilidade, depois do intervalo entrou em completo descontrolo. Felipe Melo, autor de um golo na própria baliza (53 m) e Sneijder (68) afectaram o adversário, treinador incluído, a enveredar por substituições sem qualquer vantagem. A atitude de Felipe Melo, cinco minutos depois do tento holandês, a originar expulsão, acabou com todas as ilusões dos brasileiros.

Mais uma vez o sonho do sexto título não se concretizou, a prolongar um jejum de, pelo menos, 12 anos.

O Uruguai salvou a honra dos sul-americanos ao afastar o Gana. Houve necessidade de prolongamento e penalties, já que os golos do africano Muntari (45) m e do uruguaio Fórlan (55 m) foram os únicos.

O herói do jogo, curiosamente foi um jogador expulso, num lance invulgar. Ao cair dos 120 minutos, o avançado uruguaio Luis Suárez substituiu o seu guarda-redes e defendeu dois remates seguidos com as mãos. Viu, naturalmente, o cartão vermelho, mas o ganês Gyan desaproveitou a respectiva grande penalidade e garantir a presença nas meias-finais.

Na derradeira forma de desempate, os africanos falharam (2-4), desfecho que deixa uma sensação de injustiça. Os ganeses ofereceram os melhores momentos do emocionante encontro. Só lhes faltou a experiência dos uruguaios e o «expediente» de Suárez.



publicado por António Castro às 23:54
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009
Cristian Rodriguez em hora de complicações

Cristian Rodriquez, protagonista de uma transferência surpresa, no princípio da época, da Luz  para o FC Porto, quando tudo parecia indicar que tinha acertado com o Benfica a continuidade em Lisboa, vem agora queixar-se de problemas com os responsáveis dos dragões.

Em estágio com a selecção do Uruguai para os jogos de qualificação do Mundial 2010 declarou que nos últimos 15 dias viveu «momentos muito complicados» porque «não me queriam deixar vir defender a selecção.» E desabafou: «Tive de lutar muito em Portugal para vir, e depois chegar cá e não ganhar é um pouco difícil».

O uruguaio (expulso no jogo com a Argentina, portanto sem possibilidades de participar em dois jogos do play-off  com a Costa Rica), não ganhou em campo, mas terá ganho uma guerra com o FC Porto, pouco tolerante nestas situações, tanto mais que o jogador acabava de recuperar de uma lesão prolongada.

Não importa aqui aflorar as consequências no relacionamento entre clube e jogador, mas insistir na necessidade da FIFA e UEFA estudarem a questão dos calendários internacionais, elaborando regulamentação precisa e criteriosa tendo em vista os interesses dos clubes e a valorização dos futebolistas.

Caso contrário, não virá longe o dia de insanáveis conflitos prejudiciais para o futebol.



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Celeste esperou 12 anos

À terceira...

Holanda reduz Brasil à vu...

Cristian Rodriguez em hor...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links