Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Terça-feira, 1 de Outubro de 2013
Nani já não pode falhar

O treinador David Moyes deu a titularidade a Nani, pela primeira vez esta época no dia 25 de Setembro, num encontro da Taça da Liga, e eliminou o Liverpool.

O substituto de Alex Fergusson tem enfrentado dificuldades neste início de temporada e fez uma revolução na equipa depois da estrondosa derrota (4-1) com o Manchester City no campeonato.

As razões para explicar as alterações são fáceis de perceber. Uma prova menos prestigeada era propícia a fazer descansar alguns elementos e, por outro lado, dar competição aos restantes elementos do plantel, umas vezes no banco e outras enviados para a a bancada.

Oportunidade do português para reocupar lugar de relevo na equipa - Fergusson por várias vezes admitiu a sua dispensa -, ainda à procura de nova identidade futebolística.

Agora ou nunca mais.



publicado por António Castro às 14:15
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013
Nani recuperado por novo técnico

Alex Fergusson parecia disposto a dispensar Nani, que se transferiu do Sporting para o Manchester United em 2007. Lesões, baixo ritmo de trabalho nos treinos e rendimento inferior às expectativas nos jogos eram argumentos que apontavam para a saída.

A vida, no entanto, dá muitas voltas, e graças à reforma de Sir Alex e entrada em funções de David Moyes, o futuro do internacional português teve desfecho diferente.

O novo técnico analisou as suas capacidades e aceitou mantê-lo no clube inglês. Se tudo correr bem, será jogador em Old Trafford até 2018.

A melhor notícia que podiam dar ao jogador na véspera do encontro da selecção com a Irlanda do Norte e numa altura em que figura na lista dos eleitos de Paulo Bento.

Motivo extra de confiança como se depreende das suas palavras: «Quando cheguei ao clube, nunca pensei que ia ter tanto sucesso. Estou muito contente por o novo treinador ter fé em mim e ansioso por ajudar a equipa a ganhar mais troféus.»

Nem sempre o Diabo está atrás da porta, mas importa estar atento.



publicado por António Castro às 17:10
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 1 de Março de 2013
Giggs nova lenda de Old Trafford

O Manchester United, um dos clubes mais prestigiados do mundo, acaba de prolongar por mais um ano o contrato com Ryan Giggs.

Sabendo-se que o jogador festejará a 29 de Novembro 40 anos, duas deduções de poderiam fazer: o clube inglês decidiu formar uma equipa de veteranos profissionalizada ou o seu mítico treinador começa a perder faculdades.

Nada disso. O futebolista continuará integrado na equipa principal até Junho de 2014, completando a 23º. época no clube de Manchester. O médio, ex-jogador da selecção do País de Gales, começou a aparecer em Old Trafford em Março de 1991 e já participou em 931 jogos.

Alex Fergusson explica a surpreendente opção: «Ryan é um exemplo para todos nós, na forma como olhou e continua a olhar por ele próprio. É um jogador brilhante e um ser humano excepcional.»

Comportamento raro em tantos atletas, deslumbrados com os milhões.



publicado por António Castro às 21:28
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Novembro de 2012
Dez minutos fatais

O "destino" voltou a punir o Sporting de Braga. Em Old Trafford, cedo ficou em vantagem com dois golos de Alan e acabou por consentir uma derrota tangencial. Na Pedreira, Alan marcou o primeiro golo da partida ao Manchester United depois do intervalo e novo desaire (1-3).

Tudo isto não aconteceu por acaso. Pode falar-se em erros de arbitragem; na saída precipitada do guarda-redes Beto; no faro do golo de Van Persie, a alavanca da viragem quando saltou do banco para o relvado.

Estes resultados, concretizados de maneira muito semelhantes, no modo e no tempo, explicam-se com análise realista. Por exemplo, na diferença de potencial dos dois conjuntos e, porque não reconhecer, na experiência de José Peseiro e Alex Fergusson.

Os minhotos podem sentir orgulho na imagem transmitida nos dois encontros, talvez mais valiosa no realizado em terras inglesas.

Qualquer que seja o lugar final na tabela deste grupo da Liga dos Campeões, tudo o que o clube liderado por António Salvador conseguiu nos últimos anos nunca será riscado do historial do Braga.



publicado por António Castro às 18:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012
Braga assusta Old Trafford

Old Trafford viveu uma jornada da Liga dos Campeões inédita. Aos 20 minutos, o Manchester United estava a perder por dois golos perante o olhar atónito do conceituado treinador Alex Fergusson e os milhares de adeptos ingleses.

Não era um dos clubes poderosos da Europa que se encontrava frente ao red devils, mas o português Sporting de Braga que, apesar de começar a impor-se no contexto nacional e internacional, não se compara financeiramente com os grandes da Europa.

Futebolisticamente, no entanto, deu uma lição aos ingleses, que ficaram a dever ao inspirado Hernandez, autor de dois golos - o primeiro e o terceiro - não acontecer um escândalo em Inglaterra.

José Peseiro reconheceu que faltou aos seus jogadores um pouco mais de audácia antes da reacção dos ingleses, mas salientou: «Quem tem esta equipa tem de acreditar em qualquer campo. Por isso não saímos daqui satisfeitos, antes com um desgosto».

Se o resultado pode hipotecar mais altos voos, o rendimento inicial e a personalidade dos jogadores nos momentos menos favoráveis constituem facto relevante no palmarés dos bracarenses.



publicado por António Castro às 12:43
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Maio de 2011
Manchester United com final em "casa"

O Barcelona já tem adversário - o esperado, aliás - na final da Liga dos Campeões, em Wembley. O Manchester United estará presente no jogo decisivo pela quinta vez (68,99,08,09), e na última foi derrotado precisamente pelos catalães de Pep Guardiola.

Um currículo notável e para o qual muito contribuiu o técnico escocês Alex Ferguson, a verdadeira "jóia" do clube de Old Trafford.

O Schalke 04, já derrotado na Alemanha por dois golos, voltou a perder em Inglaterra, agora por 4-1, sendo os dois últimos golos da autoria do

ex-portita brasileiro Anderson.

O espanhol Jurado ainda marcou o tento de honra e o antigo merengue Raúl ficou em branco, mas promete jogar mais uma temporada no clube de Gelsenkirchen.

O espectáculo dos últimos dias de Maio promete e todas as atenções estarão centradas no duelo entre o tiki-taka catalão e a manobra mais vertical dos ingleses, acrescido da presença do pequeno Messi e do pujante Rooney.

Aliciante acrescido para os portugueses será a esperada presença de Nani.

Este ano será tudo... A compensação virá, espera-se, da Liga Europa.

 

 



publicado por António Castro às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 26 de Abril de 2011
Raúl com camisola e sem final

O espanhol Raúl andou quase sempre nas bocas do mundo desde a pré- temporada. Primeiro pela incerteza da permanência no Real Madrid, depois por se tornar figura influente nos alemães de Schalke 04, inesperado semi-finalista da Liga dos Campeões.

Apesar do jogador ter a noção da capacidade do Manchester United, nunca esperou que os comandados de Alex Fergusson decidissem praticamente a eliminatória em Genselkirchen. Os golos de Giggs e Rooney, além do excelente futebol praticado pelos britânicos, tornaram tudo mais fácil para a equipa de Old Trafford.

Os alemães podem orgulhar-se - conjugada com alguma felicidade - da resistência oferecida até ao intervalo. Raúl viu satisfeito o anterior pedido de trocar a camisola com o seu ídolo Giggs, o "jovem" galês de 37 anos, ainda uma referência do Manchester United, como se viu na marcação do primeiro golo. Excesso do "gentileza" que o espanhol dispensava...



publicado por António Castro às 23:25
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 14 de Abril de 2009
"Fogueira" de Londres pode repetir-se no Porto

O treinador do FC Porto não estará no banco a dirigir o importante desafio com o Manchester United, devido a castigo da UEFA ainda relativo ao encontro de Madrid com o Atlético.

O recurso do FC Porto à suspensão de dois jogos ainda permitiu ter a presença de Jesualdo Ferreira no banco de Old Trafford, mas não evitou a ausência do Dragão, na sequência da redução para metade da pena. Assim, o treinador, segundo se anuncia, verá o jogo em casa, apenas podendo entrar no estádio 15 minutos depois do final do encontro.

Certamente sofrerá mais, mas a alta tensão de alguns duelos da Liga dos Campeões é independente do posto de observação, como se constatou no diabólico Chelsea-Liverpool, que permitiu à antiga equipa de Mourinho a passagem às meias-finais, onde encontrará um Barcelona com noite tranquila em Munique.

Em Stamford Bridge, Ricardo Carvalho e companheiros cedo viram quase anulada a vantagem que tinham conseguido em Anfield Road. Num jogo com oito golos, por duas vezes os pupilos de Guus Hiddink estiveram perto do colapso, mas desta vez o técnico espanhol Rafa Benitez não contou com os favores dos deuses.

Ao duelo de "gigantes" em Londres sucede um outro não menos intenso no Porto.



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Março de 2009
Jesualdo "igual" a Mourinho

Quando se soube que Alex Ferguson seria o opositor de José Mourinho nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, o treinador português mostrou-se satisfeito, não apenas por defrontar a equipa do amigo a quem oferece garrafas de bom vinho, mas porque o Manchester United era "adversário ideal" para o Inter.

Com ou sem ironia, Jesualdo Ferreira, questionado sobre o facto de ser o mesmo clube inglês o opositor da próxima eliminatória, exclamou: "Esta era a equipa que eu queria como adversária".

Aliás, nesta fase da prova não participam adversários fáceis - apenas uns são menos acessíveis do que outros - e inexistentes as garantias de êxito.

E será muito diferente perder com o detentor dos títulos de campeões da Europa e do Mundo do que fracassar perante uma equipa menos credenciada.

Para escândalos já chegam os jogos protagonizados entre o Sporting e o Bayern de Munique, que deixaram uma imagem deprimente do actual futebol português.



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Dezembro de 2008
Cristiano campeão e Mourinho provocador

Alex Fergusson deu ao seu Manchester United mais um título. À Premiership e à Liga dos Campeões juntou-lhe o Mundial de Clubes, conquistado no Japão.

Os ingleses passaram por momentos conturbados, pois os equatorianos do Liga de Quito, embora de nível inferior, nunca abdicaram do ataque e obrigaram o guarda-redes Van der Saar a trabalho brilhante.

Reduzidos a dez unidades por expulsão de Vidic (antes do intervalo), os campeões europeus em título também sentiram dificuldades para ultrapassar o guarda-redes do conjunto equatoriano - Cevallos -, mas prevaleceu a eficácia de um duo que já proporcionou muitas vitórias ao Manchester United - Cristiano Ronaldo e Rooney. O passe pertenceu ao português e o remate decisivo saiu dos pés do potente britânico.

José Mourinho, que em Março terá pela frente o Manchester United, aproveitou a oportunidade para se referir ao seu "compatriota de estimação". Certamente felicitou o amigo Alex, com a promessa de nova garrafa de bom vinho português, e mandou mais uma "alfinetada" a Cristiano Ronaldo. Quando pensa no melhor jogador do mundo, a sua memória apenas regista os nomes de "Káká, Messi e Ibrahimovic", este do Inter.

Uma opinião que surpreende pela insistência e falta de sentido de oportunidade. José Mourinho tem qualquer coisa na manga...



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Nani já não pode falhar

Nani recuperado por novo ...

Giggs nova lenda de Old T...

Dez minutos fatais

Braga assusta Old Traffor...

Manchester United com fin...

Raúl com camisola e sem f...

"Fogueira" de Londres pod...

Jesualdo "igual" a Mourin...

Cristiano campeão e Mouri...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512