Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013
Árbitro profissional abre guerra

Arbitragem profissional até ao final do ano anunciado por Fernando Gomes, presidente da FPF, está a originar mais uma guerrilha entre dirigentes. As recentes declarações do presidente da Liga, cujo organismo tinha sob a sua alçada o sector do futebol profissional, entendeu agora criticar a decisão.

Vítor Pereira, que passou da Liga para a FPF com as mesmas funções (presidente da arbitragem), considera que Mário Figueiredo é «uma pessoa que umas vezes diz uma coisa e outras vezes o seu contrário», e acrescenta: «O senhor presidente da Liga disse, várias vezes, que era a favor da profissionalização, defendendo, inclusivamente, um número de árbitros que devia ser profissional, repetiu-o várias vezes, e agora veio dizer que, afinal, não está de acordo.»

Na opinião de Mário Figueiredo, agora «as nomeações são feitas às escondidas, em cima dos jogos, além de incompreensíveis por não serem nomeados os melhores árbitros para os jogos mais importantes», e acusa a arbitragem  de «ser gerida com o poder centralizado nas mãos de duas pessoas.»

Como era durante o período em que esteve integrado na Liga? Não acontecia a mesma situação?

Dado que não se vislumbra qualquer alteração em relação aos últimos tempos, afigura-se que as palavras do responsável da Liga revelam despeito pelo centro de decisão ter apenas mudado de cidade.



publicado por António Castro às 23:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 28 de Junho de 2013
Presidente da Liga sem apoios

O presidente de Liga voltou à carga com novo "embrulho" para as competições nacionais e mais uma vez a iniciativa foi parcialmente recusada. Decididamente, Manuel Figueiredo não mostra perfil nem carisma para convencer os presidentes dos clubes profissionais.

O alargamento da I Liga só passou por questões de solidariedade com o Boavista, e espera-se que só acontecerá quando tiver condições financeiras aceites pela UEFA. Se imperarem apenas as análises das entidades portuguesas, o regresso estará certo em 2014/15, a avaliar pelos malabarismos usados nos últimos tempos por alguns dirigentes de clubes.

Vetado o modelo imaginado por especialistas holandeses, tanto em fragmentar o escalão principal como em acabar com a Taça da Liga, restou a aprovação de uma II Liga disputada em duas Zonas - Norte e Sul - de 12 equipas cada, facto que poderá ocasionar alguma poupança em termos de deslocações e, eventualmente, maior competitividade.

Perdida foi a grande oportunidade de prestigiar a Taça da Liga e libertá-la da humilhação de ser a  prova de gestão de esforço dos clubes principais, com reflexos negativos na verdade desportiva e no capítulo financeiro. A UEFA, passado pouco tempo depois de criar a Liga Europa, optou por um modelo de fase de grupos a duas voltas, o que terá salvo a prova.

Manuel Figueiredo devia estar atento e, além disso, lutar para que o vencedor tivesse lugar na segunda competição europeia. Decisão que impunha ser realista e ter menos participantes na I Liga.

A megalomania nunca dá bom resultado, como bem se prova pelo estado do País.



publicado por António Castro às 18:57
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Árbitro profissional abre...

Presidente da Liga sem ap...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links