Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quinta-feira, 15 de Março de 2012
Sporting apurado a... ferros

 

«Sofri mas nunca perdi a confiança, disse Sá Pinto no final do encontro em Inglaterra. Aliás, a marcha do marcador criou uma expectativa fora do comum em qualquer observador do encontro, ao vivo ou na televisão, dada a sequência dos golos.

Atingir dois golos de vantagem - com mais um de Lisboa - antes de findar a primeira parte, em livre de Matías Fernández e no toque de Wolfswinkel após centro genial de Izmailov, dava grande tranquilidade, tanto mais que se repetia o que aconteceu em Lisboa - displicência dos ingleses e total entrega dos leões.

Quanto à questão de confiança, já parece forçada. Quando a eliminatória chegou ao global de 3-3, uma intervenção de Rui Patrício, em lance do guarda-redes adversário, evitou a eliminação.

O técnico de Alvalade, aliás, não esconde o seu estado de espírito numa fase final de sofrimento, quase sufocante. «Fiquei um pouco desanimado na segunda parte, sem tirar mérito ao Manchester City, que tem imensos argumentos, por as oportunidades deles terem resultado de algumas falhas nossas. Houve também alguma quebra física e emocional. Mas vale a pena acreditar. Foi a mensagem que passei. No futebol não são os jogadores a ganhar mas as grandes equipas. Conseguimos o respeito deste adversário e do futebol europeu.»

Deve acrescentar-se que Sá Pinto ganhou, também, o respeito como treinador, pelas responsabilidades



publicado por António Castro às 22:30
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011
Confiança passou pela Luz

O Benfica, finalmente, conseguiu uma exibição merecedora de elogios. É evidente que nem tudo  foram rosas e levou algum tempo a eliminar os próprios espinhos. Durante toda a partida ditou as leis do jogo através de uma velocidade que andava afastada da manobra dos jogadores e do talento há muito divorciado de Aimar. Se essa supremacia sobre o Twente foi constante na defesa e menos evidente no meio-campo, andou arredia demasiado tempo na finalização.

Durante 45 minutos, em muitas ocasiões o mais fácil parecia meter abola na baliza dos holandeses, mas os benfiquistas, não mostraram clarividência em momentos decisivos, ora por sofreguidão de algumas unidades, com um companheiro ao lado em melhor posição para ter êxito no remate.

Neste aspecto foi diferente a segunda parte, mas apenas a partir do minuto em que Luisão aproveitou o adiantamento de Witsel e este, em habilidade, abriu o marcador. Os portugueses descomprimiram-se, pois o empate (2-2) de Enschede dava certa segurança, e tudo foi mais fácil, através de uma intervenção de cabeça de Luisão, e de novo por Witsel.

Jorge Jesus não consegue conter-se nestes bons momentos, pelo que considerou a melhor exibição da época e distribuiu elogios por todos os jogadores. Agora importa confirmar se a excelente jornada da Luz foi a excepção ou será a partir de agora uma constante, e reconhecer que a equipa de Co Adriaanse não faz parte da elite do futebol europeu. O futuro na fase de grupos da Liga dos Campeões poderá ser bem mais complicado.

Certos estão os cerca de sete milhões de euros que entram nos clube e a perspectiva de mais, caso o sorteio seja benévolo e haja possibilidades de manter o ritmo.



publicado por António Castro às 23:37
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Junho de 2010
Praia está mais perto

Os portugueses - até os pouco apreciadores de futebol - ainda se beliscam para confirmar se estão acordados.

Uma selecção que andou meses a dar uma imagem desfocada em comparação com o que conseguira anos antes. Um equipa que teve de sujeitar-se a disputar o play-off da fase de qualificação europeia. Um conjunto de jogadores que a partir do início do estágio da Covilhã nunca transmitiu a ideia de estar em condições - físicas, técnicas e de esquema de jogo - para enfrentar as didiculdades próprias de uma competição como o Mundial. A surpresa provocada por alguns nomes surgidos entre os eleitos de Carlos Queirós, aliado ao facto de impedimentos da última hora (Nani) e recuperação duvidosa para a primeira fase (Pepe). O mau ambiente criado pelos desabafos de Deco e, posteriormente, uma «controversa» lesão. Por fim, a tímida exibição frente à Costa do Marfim, à qual faltou quase tudo que se deve exigir a uma selecção com confessadas ambições.

Convenhamos serem demasiadas pressupostos negativos para se admitir que o jogo com a Coreia do Norte, com quem o Brasil teve algumas dificuldades, acabasse em êxtase para os Navegantes.

Afinal, qual é a verdadeira face da equipa trabalhada por Carlos Queirós, ao longo dos últimos tempos? A amorfa em alguns jogos, a calculista noutros ou a que se viu na Cidade do Cabo: audaciosa, empolgante, fria em certos momentos mas de coração a escaldar na maior parte do tempo, inteligente e veloz no desdobramento meio-campo/ataque, nas desmarcações dos avançados ou na certeza dos remates.

Os coreanos ainda tiveram artes para controlar este vendaval que voltou a passar pelo do Cabo das Tormentas e apenas consentiram um golo de um tal jogador chamado Raul Meireles que nesta campanha foi o trunfo do baralho de Queirós, e deram algum trabalho ao guarda-redes Eduardo.

Depois do intervalo, com o golo de Simão Sabrosa, a inspiração dos portugueses atingiu um nível há muito ausente, a embarcação asiática abriu rombos por todos os lados e tudo se transformou na Boa Esperança. Importa, no entanto, lembrar: ainda falta chegar à praia.   



publicado por António Castro às 18:53
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
FC Porto e Cristiano Ronaldo animam Europa

Jesualdo Ferreira saiu de Vicente Calderón com maiores motivos de confiança. Para já no campeonato interno e lá mais para a frente na Liga dos Campeões, embora ainda falte conhecer o adversário dos oitavos-de-final.

Apesar da fragilidade do Atlético de Madrid e do FC Porto ter o apuramento assegurado, o prémio da UEFA e o prestígio por mais uma vitória impediam que o encontro fosse encarado por Jesualdo Ferreira como simples cumprir de calendário. O mesmo acontecia com os colchoneros, mas por outras razões, já que estava em jogo a participação na Liga Europa, dependente do resultado dos cipriotas do APOEL em Londres, frente ao Chelsea.

Bem cedo tudo ficou esclarecido na capital espanhola, graças a um golo de Bruno Alves e, mais tarde,  a outro de Falcão, a levar a equipa agora orientada por Quique Flores ao tapete. Depois do intervalo, o panorama alterou-se apenas porque Hulk resolveu também fazer o gosto ao pé. Uma exibição convincente dos dragões perante um conjunto a atravessar momento difícil, apesar de ter dois atacantes que fariam as delícias de qualquer equipa - Fórlan e Aguero. Embora ficassem em branco, só eles e Simão Sabrosa mereceram a «ajuda» dos ingleses. E o sonho acabou para Paulo Jorge, Hélio Pinto e Nuno Morais, jogadores do APOEL, a quipa-supresa do torneio. 

Cristiano Ronaldo, depois do insólito comportamento no último jogo da Liga espanhola, do qual se retratou perante colegas, dirigentes e adeptos, voltou a brilhar. Em Marselha, onde actua o jogador que o obrigou a estar quase dois meses inactivo, foi o principal responsável pela vitória do Real Madrid ao marcar o primeiro e terceiro golos, qualquer deles dignos de serem revistos.

 



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Sporting apurado a... fer...

Confiança passou pela Luz

Praia está mais perto

FC Porto e Cristiano Rona...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links