Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Terça-feira, 9 de Julho de 2013
Desligada máquina do Estrela

Desde 2009 que o Estrela da Amadora estava ligado à máquina, desligada agora pela comissão de credores ao aceitar uma proposta pelo administrador de insolvência. O Estádio José Gomes e as instalações do bingo foram licitadas por uma verba superior à base de 3,5 milhões de euros por alguém ainda desconhecido.

Uma gota de água para os 20 milhões de débitos ao Fisco e à Segurança Social do clube fundado em 1932 e que em 2010/11 apenas apenas tinha equipas de formação.

O PDM da Amadora obriga a que o recinto do estádio terá de manter cariz de área desportiva, e quanto ao bingo ainda está arrendado até 2014.

Mais um excelente sinal para os responsáveis da Liga continuarem com a ideia de aumentar o número de clubes no escalão principal. Nestes tempos de crise impõe-se ponderação também na gestão do futebol.



publicado por António Castro às 18:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Maio de 2011
Manchester United com final em "casa"

O Barcelona já tem adversário - o esperado, aliás - na final da Liga dos Campeões, em Wembley. O Manchester United estará presente no jogo decisivo pela quinta vez (68,99,08,09), e na última foi derrotado precisamente pelos catalães de Pep Guardiola.

Um currículo notável e para o qual muito contribuiu o técnico escocês Alex Ferguson, a verdadeira "jóia" do clube de Old Trafford.

O Schalke 04, já derrotado na Alemanha por dois golos, voltou a perder em Inglaterra, agora por 4-1, sendo os dois últimos golos da autoria do

ex-portita brasileiro Anderson.

O espanhol Jurado ainda marcou o tento de honra e o antigo merengue Raúl ficou em branco, mas promete jogar mais uma temporada no clube de Gelsenkirchen.

O espectáculo dos últimos dias de Maio promete e todas as atenções estarão centradas no duelo entre o tiki-taka catalão e a manobra mais vertical dos ingleses, acrescido da presença do pequeno Messi e do pujante Rooney.

Aliciante acrescido para os portugueses será a esperada presença de Nani.

Este ano será tudo... A compensação virá, espera-se, da Liga Europa.

 

 



publicado por António Castro às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 26 de Abril de 2011
Raúl com camisola e sem final

O espanhol Raúl andou quase sempre nas bocas do mundo desde a pré- temporada. Primeiro pela incerteza da permanência no Real Madrid, depois por se tornar figura influente nos alemães de Schalke 04, inesperado semi-finalista da Liga dos Campeões.

Apesar do jogador ter a noção da capacidade do Manchester United, nunca esperou que os comandados de Alex Fergusson decidissem praticamente a eliminatória em Genselkirchen. Os golos de Giggs e Rooney, além do excelente futebol praticado pelos britânicos, tornaram tudo mais fácil para a equipa de Old Trafford.

Os alemães podem orgulhar-se - conjugada com alguma felicidade - da resistência oferecida até ao intervalo. Raúl viu satisfeito o anterior pedido de trocar a camisola com o seu ídolo Giggs, o "jovem" galês de 37 anos, ainda uma referência do Manchester United, como se viu na marcação do primeiro golo. Excesso do "gentileza" que o espanhol dispensava...



publicado por António Castro às 23:25
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011
Ganhar apenas uma batalha

Florentino Peréz e Jorge Valdano fizeram a vontade a José Mourinho. O português recusou-se a falar mais com o director-geral do Real Madrid e «elegeu» como seus interlocutores apenas o presidente e outro dirigente. Aparentemente, Florentino Peréz acedeu, certamente com a concordância do seu braço direito, e este mostrou-se extremamente cordial em dar «liberdade» ao exigente treinador português. Mais: à última hora ofereceu-lhe o reforço de Inverno - pedido no Verão - face à ausência prolongada de Higuaín.

Dir-se-á que José Mourinho ganhou uma batalha, mas arranjou outras e agora só ganhará a guerra se der títulos aos merengues já esta temporada.

Diz-se que não há almoços grátis e, neste caso, Jorge Valdano não cedeu privilégios sem a exigência de contrapartidas, a cobrara no momento que entender oportuno. O seu «discurso», cuja leitura se pode fazer na Marca depois da vitória do Madrid em Sevilha, surge demasiado consensual para quem sempre demonstrou não abdicar facilmente do poder.

Esta apresenta-se como a jogada mais arriscada de Mourinho desde que atingiu o estrelato.  



publicado por António Castro às 23:54
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011
Ambiente desanuviado em Braga

Acabou o jejum bracarense. No início da segunda volta, Domingos Paciência conseguiu levar pela primeira vez os seus comandados ao triunfo fora do Axa. Ninguém esperava, face ao comportamento da época passada, e apesar de estreia na Liga dos Campeões menos conseguida, embora tivesse assegurado um lugar na Liga Europa, este défice de rendimento.

O Portimonense não constitui o adversário ideal para tranquilizar as gentes «arsenalistas» do Minho, pois a equipa algarvia caminha a passos largos para a despromoção, Aliás, o treinador Carlos Azenha reconheceu que «o Braga não é do nosso campeonato». No entanto, os três pontos conquistados no Algarve serão factor de moralização para quem já desesperava por uma vitória fora de casa.

Domingos Paciência, portanto, não tem motivos para descansar, pois além do desejo de voltar à ribalta terá de resolver problemas internos, como ficou patente com a reacção de Mossoró ao ser substituído ainda antes do intervalo.

Clubes onde faltam os pontos, até ralham os que deveriam estar calados... 



publicado por António Castro às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
Turquia complementa reforma

Simão Sabrosa saiu pela porta grande do Atlético de Madrid. O seu rendimento e empenho durante os cerca de três anos ao serviço dos colchoneros mereceram o respeito de dirigentes, colegas, adeptos e também do técnico Quique Flores, bem conhecido dos benfiquistas.

O jogador mal-amado dos sportinguistas e com presença modesta no Barcelona, teve posteriormente um percurso de relevo no Benfica, na segunda passagem por Espanha e na selecção.

Nem todos os portugueses podem gabar-se de semelhante reconhecimento no estrangeiro e da despedida que teve no último encontro com as cores do Atlético de Madrid, em que marcou o golo da vitória sobre o Espanhol no encontro da primeira mão da Taça do Rei com o Espanhol - o público presente no Vicente Calderón despediu-se do capitão neste jogo com aplausos e o melhor que o jogador poderia ouvir: «Gracias, Simão.»

Segue-se agora, por dois anos e meio, o Besiktas, transferência que agradou financeiramente ao clube madrileno e ao jogador, com mais alguns milhões de euros a juntar ao seu pecúlio nos dois anos e meio de contrato antes da despedida dos relvados.

Independentemente do que acontecer na Turquia onencontrará os compatriotas Quaresma - regressado aos melhores tempos - e Manuel Fernandes, saído do Valência, o futebol português também deve estar agradecido a Simão Sabrosa.

 

 



publicado por António Castro às 23:44
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Abril de 2010
Mourinho sem preconceitos

Uma «camioneta com atrelado» colocada à frente do guarda-redes brasileiro Júlio César e mais uma linha em que se incluíam os restantes jogadores, à excepção de Milito - mais tarde de Eto'o - chegaram ao Inter para apenas ceder um golo (fora-de-jogo) em Nou Camp e eliminar o Barcelona da Liga dos Campeões e ter como adversário o Bayern de Munique na final de Madrid.

Mesmo antes do conjunto italiano ficar reduzido a dez elementos, por expulsão do brasileiro Thiago Motta, era evidente que o treinador português optou por utilizar todos os expedientes legítimos para não deixar Messi e companheiros desenvolverem o seu habitual carrossel, qual sedativo, antes do ataque final às redes adversárias.

Simplesmente, foi o pouco atraente futebol dos transalpinos que anulou por completo o excelente futebol posto em prática na época passada por Pep Guardiola e impediu os catalães de tentarem a revalidação do título europeu.

Além disso, torna-se evidente que os jogadores do Barcelona estão a praticar um futebol de baixo andamento e só surgiram mais expeditos na fase final da partida, graças à moralização concedida pelo tento de Piqué.

Assim sendo, frente à solidez defensiva, permanente entreajuda dos interistas e atenta vigilância sobre Messi, era quase impossível aos campeões espanhóis impor a toada que já proporcionou a tantos êxitos.

Em Portugal, os treinadores das equipas mais apetrechadas desculpam-se quando os adversários se servem da «camioneta» e conseguem resultados inesperados. José Mourinho, que mais uma vez afirmou não gostar do futebol italiano, não teve esses pruridos para atingir o máximo objectivo.

Aliás, na análise aos dois encontros, o Inter fez uma grande exibição em Milão, enquanto o Barcelona claudicou tanto em Itália como em Espanha. 



publicado por António Castro às 23:56
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Abril de 2010
Tomba-gigantes nasce em Trás-os-Montes

O FC Porto confirmou - com dividendos - o resultado (3-1) que obtivera em Vila do Conde, na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal com o Rio Ave. No Dragão foram agora quatro os golos marcados pelos dragões, já conscientes de que se deslocariam ao Jamor para disputar uma final inédita na prova.

Na véspera, desceu de Trás-os- Montes até ao Atlântico o grande tomba-gigantes desta temporada. O Chaves, durante anos a militar entre a elite, encontra-se agora em zona de despromoção da Liga de Honra.

A Figueira da Foz não parecia ser o local ideal para os comandados de Tulipa continuarem a carreira vitoriosa na Taça, embora se apresentassem perante a Naval com um golo de vantagem.

Essa ideia mais se acentuou quando o conjunto de Augusto Inácio igualou a eliminatória. Só que os flavienses mantiveram o resultado até ao fim do tempo regulamentar e, no prolongamento, tiraram da cartola um jovem de 19 anos, chamado Edu, que teve o seu primeiro grande dia da curta carreira. Marcou dois golos e atirou os figueirenses ao tapete.

Jesualdo Ferreira já veio alertar para a necessidade de não subestimar o adversário do Jamor - é a sua obrigação -, mas o clube transmontano vive um dilema: ou joga todos os trunfos na luta pela manutenção, ou aposta em conquistar um troféu que constituirá sempre um marco na história do clube.

E o FC Porto, faminto de títulos este ano, deixará?

 



publicado por António Castro às 23:52
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010
FC Porto estreia uma final

O Algarve vai assistir a uma final inédita, como já se sabia, e explosiva, dada a presença do Benfica e FC Porto no encontro decisivo da Taça da Liga.

Jesualdo Ferreira teve uma noite menos tranquila que o seu colega da Luz, já que a Académica confirmou no Dragão as razões por que venceu em Alvalade para a Liga.

Provou-se que uma equipa mista dos campeões (jogadores à espera de uma oportunidade ao lado de alguns titulares) é nitidamente superior ao melhor que o Sporting apresentou ao longo da temporada.

Confirmou-se, por outro lado, o bom trabalho desenvolvido por André Villas Boas em Coimbra. A equipa dos estudantes apenas precisa de superior capacidade atacante, não propriamente em termos de iniciativa, mas no capítulo de finalização. Quanto à frustração do técnico da Académica ao considerar que a sua equipa merecia estar no Algarve, compreende-se o desabafo, mas os golos é que contam.

Um só tento chegou para Jesualdo Ferreira ter ao alcance um novo troféu ao serviço do FC Porto, apesar de aguardar 82 minutos por essa possibilidade. 



publicado por António Castro às 23:59
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Desligada máquina do Estr...

Manchester United com fin...

Raúl com camisola e sem f...

Ganhar apenas uma batalha

Ambiente desanuviado em B...

Turquia complementa refor...

Mourinho sem preconceitos

Tomba-gigantes nasce em T...

FC Porto estreia uma fina...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512