Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011
Paulo Sérgio perde a cabeça

Passou por muitos problemas em Alvalade. Dispunha de um plantel de mediana qualidade, o presidente da altura seguiu uma política de minimizar os custos e a produção da equipa de futebol oscilou em demasia. A um jogo bom sucediam-se dois ou três maus.

Em qualquer circunstância, Paulo Sérgio manteve a serenidade, defendia os jogadores. Até que um dia resolveu não aguentar a falta de apoio de uma organização sem rumo definido e bateu com a porta.

Esta temporada, inesperadamente, foi contratado pelo Hearst, clube escocês que dificimente rivaliza com o Celtic ou o Rangers, mas calmamente o treinador português foi-se impondo à consideração dos dirigentes e dos adeptos, que até lhe dedicaram uma música. 

Costuma dizer-se que um homem não é de ferro, e mais uma vez se confirmou a sabedoria popular. Uma derrota em Outubro, frente ao Kilmarnock transtornou o homem calmo. Um golo que deu origem a um pontapé no banco de suplentes e a cinco jogos de castigo aplicados pela Federação da Escócia.

Mais um epísódio na vida de treinador que servirá de ensinamento.«Temos de ter muito cuidado com o que dizemos. Fui expulso por ter pontapeado o banco de suplentes. Não sabia que era proibido fazê-lo. Fi-lo para exteriorizar o que sentia e acho que era bem claro para todos.»
Nem um banco se pode maltratar naquelas paragens britânicas...

 



publicado por António Castro às 17:35
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 3 de Outubro de 2011
Ausência de Danny por explicar

O pedido de escusa de Danny em se integrar na campanha da selecção nos decisivos jogos com a Islândia e Dinamarca deverá ter constituído surpresa para muita gente, que ainda há poucos dias o viu actuar frente ao FC Porto, com uma demonstração de boa forma física, classe e alegria de jogar, coroadas com a marcação do último golo.

Quem parece não terem ficado admirados foi o dirigente federativo Amândio de Carvalho e o treinador Paulo Bento, que aceitaram a ausência de imediato, procedimento pouco comum nos últimos tempos.

Estas reacções reflectem haver dois pesos e duas medidas - Hugo Almeida, por exemplo, deslocou-se da Alemanha, embora país menos distante do que a Rússia, para comprovar a impossibilidade de dar o concurso à equipa -, enquanto a Danny bastou invocar «problemas pessoais e impossibilidade de fazer a viagem».

Queremos acreditar que Paulo Bento não será tão ingénuo para abrir precedentes deste género, o que pressupõe saber por antecipação, tal como Amândio Carvalho, as verdadeiras razões da ausência. No entanto, também se poderá pensar que os dirigentes do Zenit encostaram o jogador à parede para aproveitar esta pausa no sentido de preservar a integridade física do jogador.

A confirmar-se, este procedimento seria mais grave e deveria ser comunicado às entidades internacionais que superintendem no futebol.

O tempo acabará por explicar esta inesperada situação.



publicado por António Castro às 22:29
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Setembro de 2011
Finalmente alguém dá a cara

Pouco interessa, neste momento, que a versão de Paulo Bento sobre a fuga inesperada de Ricardo Carvalho da selecção contenha toda ou parte da verdade dos factos.

Ninguém ainda contestou as suas palavras, de salientar a convicção e extensão das declarações, mas o importante é que alguém ligado à Federação veio finalmente a público dar explicações e assumir uma posição, embora pessoal e sujeita a críticas por elementos da entidade patronal.

De lamentar que apenas o seleccionador tivesse essa coragem, já que muita gente no seu caso refugiava-se no silêncio com a fácil  argumentação de que a conferência de imprensa se destinava a abordar apenas as perspectivas do encontro com os cipriotas.

Os dirigentes federativos mantiveram-se à margem e fizeram passar a notícia de que a atitude de Ricardo Carvalho será analisada depois do decisivo confronto de Nicósia.  E, naturalmente, remetido para as instâncias disciplinares, que necessitarão de tempo para proferir o seu douto despacho, provavelmente depois de terminada a fase de qualificação do Europeu 2012.

Vai uma aposta?....



publicado por António Castro às 23:22
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
Liga luta contra apatia da FPF

O presidente da FPF, afinal, recebeu uma carta de Jerome Valcke, secretário-geral da FIFA, em 12 de Novembro, a «solicitar respostas convincentes» sobre o caso da alteração dos estatutos. O responsável do organismo internacional, no entanto, desmentiu a ameaça de suspender os clubes e a selecção de participar nas provas europeias.

Desde aquela data, Gilberto Madaíl manteve-se silencioso, mesmo depois de serem marcadas eleições para 5 de Fevereiro, enquanto os mentores de algumas associações se mostraram insensíveis às consequências da sua rebeldia, receosos da perda de votos e, portanto, de protagonismo numa actividade com diferentes exigências desde a criação da estrutura ainda vigente.

Fernando Gomes, presidente da Liga, face à recusa da primeira figura da assembleia federativa em adiar as eleições, solicitou a marcação de uma assembleia extraordinária para 29 de Janeiro e resolveu interpor uma providência cautelar contra a realização do acto eleitoral. Pretende-se que os futuros dirigentes possam actuar em conformidade com o Regime Jurídico das Federações Desportivas, documento que, a avaliar pelo desenrolar do processo, não era desconhecido da FIFA, pois «foi elaborado em sintonia com as autoridades portuguesas».

Assim é tratado o futebol neste país de inacreditáveis vícios.



publicado por António Castro às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 23 de Março de 2010
É só conversa

Os acontecimentos verificados antes e durante a final da Taça da Liga trouxeram à actualidade a violência em torno do futebol. Desta feita os protagonistas foram os adeptos. Há poucas semanas o mau exemplo foi dado pelos próprios futebolistas. Durante meses a violência verbal ressaltou de declarações provocatórias de alguns dirigentes de clubes.

Agora surgem apelos à reflexão e à acção por parte de responsáveis, governamentais e federativos, que desde há muito deveriam ser os motores de iniciativas para controlar a situação. Para a Liga, entidade organizadora da prova, o caso limita-se a castigar o Benfica e o FC Porto com multas simbólicas, enquanto pagará verbas avultadas a forças de segurança contratadas para actuar atempadamente, mas revelaram falhas de organização.

Terá chegado o momento das entidades com competências na matéria - tutela governamental sobre o desporto, Federação e Liga - unirem esforços e substituírem palavras de circunstância por actos concretos.

As pessoas começam a estar fartas de conversa fiada... 



publicado por António Castro às 23:52
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008
Federação é responsável no caso dos salários

Gilberto Madaíl não ficou muito confortável com o alerta de Nuno Gomes ao defender a paralisação do campeonato, como primeira resposta aos salários em atraso no Estrela da Amadora. E aprestou-se logo a esclarecer que a Federação não tem nada a ver com o assunto, pois as competições profissionais são da responsabilidade da Liga.

Neste caso, devem apresentar-se diversas questões ao presidente da Federação. Quem superintende no futebol português? Quem é filiado na UEFA? E, por esta via, está integrado na FIFA? Qual o organismo responsável pelas selecções nacionais, na qual se incluem jogadores profissionais e jovens com o estatuto de "amadores"?

Se os dirigentes que já passaram pela Liga são culpados por ainda não terem imposto aos clubes uma regulamentação que evite situações intoleráveis desde há  muito conhecidas, compete à Federação, cujo órgão executivo é presidido por Gilberto Madaíl, assumir a responsabilidade por tudo o que aconteça, de bom ou de mau, no futebol português, seja amador ou profissional.
As Ligas tem um papel bem definido na estrutura do futebol e não se podem substituir às Federações junto dos organismos continentais e da FIFA. Assim sendo, Gilberto Madaíl deve estar muito preocupado e pressionar a Liga para solucionar um problema, em última instância, da jurisdição da Federação. 



publicado por António Castro às 23:30
link do post | comentar | favorito

Sábado, 26 de Julho de 2008
De bestial a besta!

Como se calculava, está lançado o rastilho para uma nova "fogueira" no conturbado futebol deste canto - há quem lhe chame outra coisa - da Europa.

Freitas do Amaral divulgou o seu parecer sobre o caso do momento e, de imediato, passou de bestial a besta...

Qual treinador, quando o seu nome foi apontado como a escolha de Gilberto Madaíl, quase toda a gente considerou a decisão acertada e só não se realizou um espectáculo de apresentação porque seria desenquadrado do processo. Era o período do bestial!

Ao conhecer-se a "táctica" de Freitas do Amaral, de muitos quadrantes - como será natural perfeitamente identificados - surgiu um coro de assobios, associados a opiniões de que o parecer pecava por parcialidade, além de conter nítidas "fragilidades". Entrou-se na fase da besta!

Agora as atenções viram-se para a decisão de Gilberto Madaíl e seus pares federativos, prevista para segunda-feira, havendo já a certeza de que não deixará de criar mais labaredas, qualquer que seja o sentido da solução.

Pobre País, que se perde com questões secundárias e esquece as fundamentais.

 

 



publicado por António Castro às 19:25
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Paulo Sérgio perde a cabe...

Ausência de Danny por exp...

Finalmente alguém dá a ca...

Liga luta contra apatia d...

É só conversa

Federação é responsável n...

De bestial a besta!

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512