Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012
Rumo sem dinheiro

O movimento “Dar Rumo ao Sporting” poderá alterar o rumo de Godinho Lopes.

A reunião do presidente do clube com um grupo de sócios que deseja eleições antecipadas decorreu cordialmente, mas os contestatários não ficaram convencidos com as explicações do dirigente máximo de Alvalade.

André Patrão, porta-voz da iniciativa, não escondeu que a pretensão tem de ser imposta «pela força».

A assembleia geral para aprovar a destituição do elenco directivo só acontecerá no próximo ano e custará 60 mil euros, angariados através de donativos.

Ideia bizarra a dos subscritores do movimento pretenderem novo rumo para o clube sem terem dinheiro para financiar a reunião plenária.



publicado por António Castro às 22:11
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011
Pinto da Costa veta políticos

Tardou mas arrecadou. As eleições da Federação Portuguesa de Futebol, adaptados os estatutos ao novo regime jurídico, prometem animação, pelo número de personalidades que admitem candidatar-se à presidência, e também agitação pela distinta posição de diversos clubes.

António Sequeira, ex-secretário-geral do organismo, iniciou o lote dos assumidos, seguindo-se Filipe Soares Franco, ex-presidente do Sporting. Mais nomes já estavam na calha: Fernando Seara, presidente da Câmara de Sintra, e Hermínio Loureiro, ex-secretário de Estado da Juventude e Desporto e presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis. Por fim, Fernando Gomes, presidente da Liga (escolha da maioria dos clubes da Liga de Honra), e a possibilidade de Gilberto Madaíl querer e poder cumprir novo mandato.

Facto que pode gerar mal estar no Sporting é o presidente Godinho Lopes apoiar Hermínio Loureiro, quando o seu antecessor está disposto a candidatar-se. Poderá alegar que tinha desconhecimento dessa decisão, mas o recente almoço entre os principais responsáveis da Luz e Alvalade indicia que o tema esteve em discussão.

Pinto da Costa, entretanto, começou a mandar achas para a provável fogueira ao afirmar: «O FC Porto não vai apoiar ninguém. O Filipe Soares Franco é um homem do futebol, o Fernando Gomes também. O FC Porto só estará contra qualquer político que apareça para mandar no futebol, porque não acreditamos que políticos consigam discutir futebol com o Governo sem estar condicionados por cores partidárias.»

Fernando Seara e Hermínio Loureiro já têm as orelhas a arder...

 



publicado por António Castro às 18:18
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011
Crise no futebol espanhol

Dívidas aos jogadores, incluir no futuro acordo colectivo, que tarda em ser assinado, a obrigação de cederem os direitos de imagem aos clubes e contar como férias os dias em que estejam ao serviço das respectivas selecções são os principais motivos do litígio entre a Liga e a AFE (Associação de Futebolistas Espanhóis).

O diferendo agudizou-se com o anúncio de greve nas duas primeiras jornadas dos campeonatos profissionais (I e II Divisões) feito numa conferência de imprensa em que estiveram presentes alguns dos principais jogadores, casos de Casillas, Xabi Alonso, Fernando Llorente, Albelda, Puyol e Cazorla.
Luis Rubiales, presidente da AFE, revelou que no ano passado os clubes deviam a cem futebolistas cerca de 12 milhões de euros, montante que este ano subiu para 50 milhões, afectando o dobro dos jogadores.

Os dirigentes dos clubes preferem gastar verbas astronómicas com aquisições do que seguir uma política orçamental que permita cumprir os respectivos compromissos financeiros, e ousam retirar direitos desde há muito consagrados nos acordos.

Acabam por imitar, nas coisas más, os políticos deste conturbado mundo.

 



publicado por António Castro às 23:38
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010
Aviso a Bettencourt

A contestação fez-se ouvir no decorrer da assembleia geral do Sporting, destinada a discutir o relatório e contas do período terminado em 30 de Junho de 2010.

Os números não eram animadores, pois foi apresentado um prejuízo de 3,6 milhões de euros, mas o documento foi aprovado com 59,84 votos favoráveis.

Se os números eram importantes, a agitação foi provocada pelas críticas ao desempenho desportivo e, neste aspecto, o principal visado foi Costinha - acompanhou o presidente -, cuja presença em Alvalade, por muito que a estrutura tente desvalorizar, é um elemento de perturbação no clube, com extensão à equipa de futebol.

O presidente José Eduardo Bettencourt que se cuide, pois caso não se verifique rápida inversão nos resultados desportivos, alguém pedirá a sua cabeça.

O pedido de demissão de Paulo Bento acabou com o tão badalado conceito do «forever», e as conhecidas decisões do director desportivo em nada ajudam o ambiente entre a massa de adeptos e no próprio balneário.

Não foram necessários os desagradáveis acontecimentos da assembleia, apenas sanados com a intervenção policial requisitada, para demonstrar o evidente desde há semanas, dir-se-ia mesmo há meses.

 

 



publicado por António Castro às 23:43
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Maio de 2010
Que sejam muito felizes!

Um «tornado» passou ontem pelo futebol português. Vinte e quatro horas depois do anúncio dos 23 - afinal eram 24 -convocados para a África do Sul, o seleccionador divulgou mais seis nomes que constam da primeira lista obrigatoriamente enviada à FIFA até a meia-noite de ontem (hora local).

As críticas, que já se tinham ouvido antes, multiplicaram-se, tanto mais que entre os novos nomes figuram jogadores que se pensava com presença garantida no Mundial e um que nem sequer apareceu num lote de 50 apresentado - há pouco tempo, relembre-se - por Carlos Queirós.

Perante os factos, prescindimos ontem de «blogar» sobre o mesmo assunto da véspera, à espera que a poeira assentasse, tanto mais que expressáramos um apelo no sentido de «agora deixem Queirós trabalhar», e não se correr o risco de criar um ambiente de desconfiança em relação aos 23 (24) eleitos.

Ao contrário do que esperava, dormir sobre o assunto não alterou em nada a análise ao insólito da situação. Na verdade, não existem razões relevantes de ordem técnica ou física - ao contrário do que acontece, por exemplo, com Pepe - a justificar o afastamento de alguns futebolistas que tanto sofreram ao longo da qualificação, nalguns casos por lapsos do próprio treinador.

Carlos Queirós acaba de contribuir para que decresça o pouco entusiasmo que já reina em torno da selecção, tornando infrutíferos os mal sucedidos esforços mediáticos, dada a caricata encenação feita na Covilhã.

Que tenha boa viagem.   

 

 

 



publicado por António Castro às 08:15
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 19 de Junho de 2009
Luís Filipe Vieira não evita contestação

Luís Filipe Vieira antecipou as eleições previstas para Outubro a fim de  impedir a continuação de uma campanha contra o clube, segunda as suas palavras.

O presidente do Benfica deseja, em suma, um clima de tranquilidade no início de uma época, crucial para o futebol da Luz depois do despedimento de Quique Flores, da polémica contratação de Jorge Jesus e da premente necessidade de impedir o FC Porto de conseguir novo penta.

Uma estratégia criticada por alguns associados - natural num clube que o próprio presidente considera bastante democrático - e que não parece ter resultado em pleno.

O simples "não" de José Eduardo Moniz em aceitar o convite de um movimento da oposição bastou para que se criasse um clima de crispação, com críticas mútuas e envolvendo até o nome de terceiros, no caso o de Rui Costa.

Agora surge a notícia de que um tal Adolfo Pereira, ex-presidente do Salgueiros e apoiante do pré-candidato Bruno Carvalho, apresentou uma providência cautelar com o objectivo de anular a decisão de Manuel Vilarinho e manter as eleições em 3 de Outubro.

A paz entre os encarnados mostra-se precária a poucos dias do acto eleitoral. Duvida-se que as eleições antecipadas alterem substancialmente o panorama.

Ao contrário do que se pensa, os resultados previsíveis das eleições não colocarão um travão às críticas. Só as vitórias da equipa de futebol calarão os contestatários. 



publicado por António Castro às 23:53
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Rumo sem dinheiro

Pinto da Costa veta polít...

Crise no futebol espanhol

Aviso a Bettencourt

Que sejam muito felizes!

Luís Filipe Vieira não ev...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512