Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Sábado, 6 de Junho de 2015
Barcelona portentoso

Estava escrito! O Barcelona venceu a Juventus, em Berlim, graças às qualidades que o treinador Luis Enrique, que soube imitar épocas gloriosas do compatriota Pep Guardiola e, eventualmente, potenciar o tradicional futebol dos catalães. Posse de bola, partindo da defesa com certa lentidão, mas rápida mudança de velocidade no assalto à baliza do guarda-redes Buffon (único presente na distante final de 2003) estiveram na base da vitória no Olímpico de Berlim.

Os italianos saíram do relvado com uma exibição personalizada, ao estilo implementado pelo técnico Massimiliano Alegri. Notório, no entanto, que as suas principais vedetas (o guarda-redes, Pilro, Morata e Pogba, entre outros) foram inferiores ao trio maravilha (Messi, Luis Suarez e Neymar), imparável em termos de eficácia atacante.

Quinta vitória na Liga dosCampeões foi a cereja no bolo de uma época triunfante da equipa da Catalunha, devido aos êxitos na Liga de Espanha e na Taça do Rei. Portentoso!



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 3 de Abril de 2012
Milan critica arbitragem em Barcelona

Barcelona e Bayern de Munique foram as primeiras equipas a qualificar-se para as meias-finais da Liga dos Campeões. A vitória (3-1, depois do empate a zero em Itália) ante o Milan, no entanto, não foi pacífica, pois o trabalho de um árbitro holandês não agradou aos italianos, punidos com duas grandes penalidades (apontadas por Messi). Além de protestos por decisões "menores" mas com influencia no desenrolar do jogo, os transalpinos consideram-se também espoliados de um penalty cometido pela equipa espanhola.

Se não esteve em dúvida a capacidade do conjunto de Pep Guardiola, começa agora a generalizar-se a ideia de que os lapsos de arbitragem na Europa tem sempre - por coincidência, certamente - o mesmo beneficiário.

Os reparos de José Mourinho, em especial desde que optou pelo seu périplo europeu, começam agora a ter apoiantes e, entretanto, Guardiola está a reagir às críticas de maneira inesperada face a anterior comportamento.

Os alemães, treinados  por Jupp Heynckes, já conhecido da Luz e onde não teve grande sucesso, apenas confirmou a superioridade sobre o Marselha revelada no encontro em França. Mais dois golos, ambos de autoria de do croata Ivica Olic, elevaram para o dobro o desfecho global da eliminatória.

E assim chegaram dois colossos do futebol europeu à meia-final, com a curiosidade do Barça ter atingido pela quinta vez consecutiva esta fase da Liga dos Campeões, e igualado o Real Madrid, com o mesmo registo no seu palmarés entre 1950 e 1960 e sempre com presença e vitória na final.



publicado por António Castro às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 28 de Maio de 2011
Barcelona sem piedade

«É a melhor equipa que já vi e toda a gente reconhece. Aceito perfeitamente. Não é fácil aceitar esta derrota e nenhuma equipa nunca tinha conseguido dominado deste modo os meus jogadores», confessou Ferguson, treinador do Manchester United, depois de ter felicitado o colega de profissão Pep Guardiola pela vitória do Barcelona na Liga dos Campeões.

Estas palavras de Sir Alex constituem a melhor homenagem prestada aos campeões de Espanha, vencedores do terceiro título europeu (1980, 2009 e 2011) e a Guardiola, com carreira ímpar desde que assumiu o comando dos clube catalão há três anos.

O Manchester, a actuar em Wembley, começou em alta pressão e durante alguns minutos impediu que Iniesta e companhia  construíssem a habitual "teia" anestesiante dos adversários. O golo de Rooney, a responder ao de Pedro, concedeu suspense à segunda parte, mas cedo a "pulga" Messi deu a picada fatal nos ingleses e catapultou os espanhóis para exibição de luxo.

Todo o mundo - expressão sem exagero, dada a audiência da transmissão televisiva - ficou rendido à capacidade de uma equipa fiel a um estilo, nem sempre vibrante, mas invariavelmente a proporcionar espectáculo de grande beleza e... golos.

Uma dúvida, no entanto, pode colocar-se: será que Alex Ferguson utilizou os jogadores certos para contrariar a manobra do Barça? Terá preferido alguns jovens em detrimento de elementos com mais experiência, e obrigou outros a desmultiplicarem-se em tarefas pouco adaptadas às suas características.

Reflexão que em nada retira os elogios devidos à melhor equipa europeia do momento, por muito que custe ao Real Madrid e a José Mourinho.



publicado por António Castro às 23:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Barcelona portentoso

Milan critica arbitragem ...

Barcelona sem piedade

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links