Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Quarta-feira, 24 de Junho de 2015
Final triste de um jogo decisivo de Sub-21

O encontro de Sub-21 entre Portugal e a Suécia fez cair por terra a teoria dos defensores de encontros decisivos serem efectuados à mesma hora. Com o apuramento dependente do que se passava entre alemães e italianos, a partir de certa altura tornou-se evidente que o empate era um resultado a defender.

Se até certa altura se assistiu a interessante despique entre ibéricos e nórdicos, a seguir ao golo de Gonçalo Paciência os suecos voltaram a intensificar a toada atacante, restabeleceram a igualdade e acabou o espectáculo.

Encontrados os participantes nas meias-finais e garantida a presença nos Jogos Olímpicos do Brasil, os cinco minutos derradeiros, incluindo o tempo de desconto, foram vergonhosos.

A equipa de Rui Jorge jamais ultrapassou a linha do meio-campo, com excessivos passes entre dois jogadores a pouco metros de distância e os restantes a ver. Os suecos mantiveram-se parados, apenas atentos à bola e aos adversários na outra metade do terreno.

Nem tiveram engenho para disfarçar as suas intenções, de tal maneira que o árbitro entendeu acabar com o jogo a alguns segundos de se atingir o terceiro minuto de compensação.

Que tristeza!



publicado por António Castro às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 12 de Outubro de 2013
Chile não segura Falcão

Está encontrado o 14.º apurado para a fase final do  mundial 2014. A Colômbia recebia o Chile, aos 29 minutos estava em desvantagem de três golos e considerava-se pouco provável que se os anfitriões conseguisem evitar a derrota.

A reviravolta começou com tardiamente, pois o primeiro golo dos colombianos surgiu quase aos 20 minutos da segunda parte, por intermédio de Gutierrez. Depois apareceu o ex-avançado portista a equilibrar o resultado, não de lances de futebol corrido. Na marcação de duas grandes penalidades, em que também é exímio, garantiu à sua selecção a presença no Brasil.

Futebol é imprevisto e quem tem Falcão tem quase tudo.



publicado por António Castro às 18:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 18 de Novembro de 2012
Taça leva festa a Arouca

A eliminatória da segunda prova nacional teve poucas surpresas. Nos últimos encontros sobressaiu o Arouca que, contra todas as expectativas, eliminou uma equipa que o jovem treinador Nuno Espírito Santo tem colocado na ribalta no primeiro terço da I Liga.

Desta feita, o Rio Ave consentiu um golo (Clemente, 37 m), mas alcançou a igualdade pelo eterno João  Tomás (84). No prolongamento, os vila-condenses sofreram o tento decisivo obtido pelo sérvio Kovacevic (98 m).

Arouca viveu o ambiente de euforia próprio dos tomba-gigantes, situação que esteve para acontecer em Mirandela, pois o Gil Vicente (1-1) também recorreu ao tempo extra para eliminar os transmontanos, graças a grande penalidade de Cláudio (118 m)

Idênticas dificuldades teve a Briosa. O Penalva do Castelo resistiu (0-0) e a decisão foi encontrada no prolongamento, graças a novo penalty de Edinho (108 m)

Emoção redobrada aconteceu em Setúbal. Os Vitórias foram para o intervalo empatados (1-1), tal como no final do tempo regulamentar (2-2), em ambos os casos com alternâncias sucessivas no marcador.

Na sorte das grandes penalidades, a “taluda” saiu aos vimaranenses.



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Novembro de 2012
Kiev "gosta" dos portistas

Mais uma vez o FC Porto saiu de Kiev com o objectivo concretizado: apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Apenas com um empate, fruto de exibição personalizada diante de um antagonista que os portistas conseguiram controlar, apesar de algumas baixas no sector defensivo.

Vítor Pereira, que orientou a equipa pela 60.º vez, pode lamentar-se dos jogadores revelarem menor eficácia ofensiva, mas o dispositivo montado pela ex-vedeta do futebol Oleg Blokhine, colocou alguma dificuldades.

Se a capital da Ucrânia, em 1987 apenas uma cidade soviética, carimbou o passaporte do FC Porto de Artur Jorge para comparecer na final da Taça dos Campeões de Viena, ganha ao Bayern de Munique, agora deu passagem para outros voos, por enquanto mais modestos. Faltou apenas um golo genial semelhante ao de Madjer.

Nem sempre é possível alcançar o ponto ideal.



publicado por António Castro às 23:31
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011
Quem tem Aimar tem quase tudo

 

O Benfica estava a viver momentos difíceis quando Pablo Aimar, inesperadamente a jogar de início frente em Manchester, teve mais um dos seus rasgos de génio e estabeleceu a igualdade. Naquele lance ficou decidido o apuramento dos portugueses para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, embora só após a última jornada se decida quem beneficiará do privilégio de ocupar o primeiro lugar.

Jorge Jesus começou cedo a ter razões para estar satisfeito, pois ao terceiro minuto uma iniciativa de Gaitán obrigou Phil Jones a introduzir a bola na própria baliza. Naquela altura nada era definitivo, mas um golo de vantagem dava esperanças, pois o rendimento dos comandados de Alex Fergusson tem-se mostrado muito irregular nos últimos tempos.

De qualuer forma a reacção surgiu, por Berbatov (30 m) e Flechter (59), e Old Trafford acreditou na vitória e na rectificação do empate da Luz.

Puro engano, pois Aimar, ainda antes de ser substituído, fez aquilo que não conseguia há sete anos nesta competição. Marcou um golo verdadeiramente de ouro, dado que a intensa pressão dos britânicos na fase final da partida já não alterou o resultado.

Agora é ganhar na Luz ao Otelul Galati para acbar como líder do grupo.

 



publicado por António Castro às 23:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011
Dragão de novo no caminho do Benfica

FC Porto e Benfica voltam a defrontar-se no Dragão, agora na meia-final da Taça de Portugal. O fantasma dos 5-0 «aplicados» por André Villas-Boas a Jorge Jesus no encontro da Liga ainda paira sobre algumas cabeças, mas importa lembrar-lhes, além de outros factores, que resultados tão desnivelados entre rivais não acontecem sempre.

O dragão mostrou frente ao Nacional ter ultrapassado o colapso (1-2) da Taça da Liga no segundo dia de Janeiro e, inclusivamente, mostrou-se bem mais inspirado do que frente à Académica. Além disso, teve em Hulk uma peça importante e um conjunto bem mais inspirado do que em Coimbra para resolver sem dificuldade (3-0) o embate antecipado da 20.ª jornada da I Liga.

Em Vila do Conde, para a Taça de Portugal, pairaram no ambiente fantasmas, mas em relação a grandes penalidades: das quatro assinaladas, apenas uma foi marcada e o Rio Ave teve o azar de falhar a primeira por João Tomás. Tudo poderia ser diferente se tal não tivesse acontecido, mas o Benfica demonstrou mais uma vez estar a aproximar-se dos parâmetros de rendimento do ano de estreia de Jorge Jesus.

Dois golos de Cardozo, um deles de penalty, abriram-lhe as portas da Taça, cujo novo episódio acontece no dia 2 de Fevereiro, com repetição na Luz apenas a 24 de Março, quase dois meses depois.

Bizarrias dos calendários elaborados pelos dirigentes cá da terra.



publicado por António Castro às 23:01
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011
Taça aos soluços e cerco a estatutos

Numa Taça de Portugal aos soluços, devido a recursos e contra-recursos, Benfica e FC Porto apuraram-se para eliminatórias diferentes.

O Olhanense não apresentou soluções para evitar uma goleada (5-0) na Luz, cuja equipa Jorge de Jesus entende aproximar-se de patamares de rendimento idênticos ao ano transacto. Está nos quartos-de-final e terá como próximo compromisso uma visita ao Rio Ave.

André Villas-Boas considerou «não ser normal fazer 29 remates e marcar dois golos». Hulk resolveu um despique que o Pinhalnovense encarou com muito empenho e lucidez e contou com excelente exibição do guarda-redes Pedro Alves. Mais uma vez o treinador dos dragões viu-se obrigado a chamar do banco alguns titulares, já que aos 77 minutos ainda subsistia o empate. Os portistas apuraram-se para as meias-finais.

A surpresa surgiu na Póvoa, onde o Merelinense ganhou ao Varzim (2-1) e assegurou lugar nos quartos-de-final, tal como a Académica, cujo novo treinador José Guilherme se estreou a ganhar, desta feita ao União da Madeira (2-1).

A FPF está a viver um momento conturbado. Torna-se difícil conseguir a estabilidade, tanto a nível de competições como de funcionamento de acordo com os regulamentos. Agora surgiu nova notícia: o presidente da FIFA alertou para a necessidade da entidade não adiar por mais tempo a harmonização dos estatutos com o Regime Jurídico das Federações Desportivas. Caso contrário, Sepp Blatter apresentará o assunto à Comissão de Associações.

Uma decisão certamente resultante de recente reunião em Zurique entre responsáveis da federação portuguesa e da FIFA. Começa a apertar-se o cerco às associações rebeldes, e tudo indica ser altura de mudarem a estratégia.



publicado por António Castro às 23:36
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010
Leões cumprem serviços mínimos

O Sporting fez o pleno. Apuramento para a fase eliminatória e o primeiro lugar no seu grupo da Liga Europa. Situação teoricamente vantajosa para o próximo jogo dos dezasseis-avos , pois evitará todos os outros vencedores e a maioria dos clubes repescados da Liga dos Campeões. Por fim, mais uns euros a entrar nos cofres de Alvalade, porventura para ajudar aos prejuízos acumulados, já que não parece haver intenção de aproveitar a abertura do mercado de Inverno.

Além da vitória sobre o Lille (Polga festejou um dos poucos golos marcados durante os anos como leão) pouco a salientar de uma exibição que Paulo Sérgio considerou mais bem conseguida em relação ao recente clássico com o FC Porto. Só se foi pelos resultados, já que o rendimento da equipa continua a ser intermitente e, em certos momentos, houve «ofertas» que os franceses não aproveitaram.

O técnico de Alvalade lá sabe porque tem esta opinião. De fora não parece haver razões para tanta confiança.

 



publicado por António Castro às 23:47
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010
Russos descansam FC Porto

As opções de André Villas-Boas não deram os resultados esperados na visita do Besiktas na Liga Europa. Ao contrário do Sporting, no entanto, não adiou o apuramento ao beneficiar da vitória do CSKA Sófia sobre o Rapid na deslocação a Viena. Falta decidir qual o lugar que ocupará na classificação, factor importante porque vencer o grupo evita, para já, defrontar uma equipa repescada da Liga dos Campeões.

O treinador do Dragão não escondeu que a produção dos jogadores não esteve ao nível dos últimos tempos, mas não entrou em dramatismo ao utilizar curiosa afirmação certamente dirigida à infantil expulsão de Christian Rodriguez: «O lado caótico acontece a qualquer jogador, não será por isso que o vamos penalizar.»

O problema não residiu unicamente neste incidente do jogo, pois tornou-se evidente que alguns dos elementos menos utilizados não fizeram esquecer os titulares, e quando estes entraram em campo já era tarde para inverter a tendência do jogo, nessa altura com sinal mais dos turcos graças a Guti, Nhiat e Bobô, armas que o treinador alemão Bernd Schuster apontou às balizas de Helton.

O segundo empate dos portistas em jogos oficiais, o primeiro em casa - o outro aconteceu em Guimarães - não coloca em causa tudo de bom que os dragões têm conseguido, embora possa criar mais expectativa para o duelo com o Benfica, a monopolizar agora todas as atenções e motivar diversas especulações.

Jorge Jesus, desta vez, entra em desvantagem em casa do seu «amigo» Pinto da Costa. Se a lógica prevalecer, André Villas-Boas abrirá a porta para se tornar em novo ídolo das gentes afectas ao clube nortenho.

No futebol não existe lógica e, portanto, será melhor esperar por domingo.

  



publicado por António Castro às 23:49
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Julho de 2010
Marítimo goleia e leões oscilam

A jornada internacional foi totalmente positiva para os portugueses. Duas vitórias na Liga Europa, a juntar à dos bracarenses na Liga dos Campeões, permitiram o pleno.

Os oito golos marcados pelos madeirenses aos Bangor City (País de Gales) não deixarão de constituir um marco na história do clube e, face à capacidade das forças em presença, garantir a continuidade na prova. Os maritimistas entraram em clima de euforia, ao qual não ficou alheio o técnico Van der Gaag.

Paulo Sérgio não terá tantos motivos para sorrir, pois o Sporting, depois da prometedora digressão aos Estados Unidos, mostrou-se menos esclarecido na Dinamarca, onde defrontou um adversário - FC Nordsjaelland - também acessível. A ineficácia atacante ficou expressa apenas num golo de vantagem dos portugueses - possível de ser confirmado em Alvalade.

A irregularidade da exibição, no entanto, faz lembrar o passado recente e deve causar preocupações aos responsáveis.



publicado por António Castro às 23:13
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 22 de Julho de 2010
Marítimo aproveita Europa

Duas vitórias por resultado idêntico (3-2) abriram as portas da terceira eliminatória da Liga Europa ao Marítimo. Os irlandeses do Sporting Fingal, apesar de acessíveis, denunciaram que a equipa de Van der Gaag, como será lógica quando se está na pré-época, ainda precisa de muito trabalho e elevar os níveis de concentração. Estar em vantagem de dois golos no campo do adversário e permitir-lhe certas veleidades indiciam que os madeirenses confiaram em demasia, disposição muitas vezes fatal em futebol.

No seu caminho estarão de novos britânicos, os galeses do Bangor City, e o técnico do Marítimo, crítico sobre a maneira como a equipa sofreu dois golos, exigirá maior pressão aos jogadores, para evitar surpresa desagradável.

Satisfeito ficou na véspera Paulo Sérgio pela atitude do Sporting em Boston, no jogo particular com o Celtic. Os escoceses ficaram com o troféu no desempate por grandes penalidades (Liedson foi o único a falhar!), mas os lisboetas terão encontrado novos rumos de confiança e de manobra colectiva.

Os dois próximos jogos (Manchester City e Tottenham) nos Estados Unidos devem oferecer indicações sobre o seu «estado anémico» em comparação com o passado recente.

 



publicado por António Castro às 23:54
link do post | comentar | favorito

Domingo, 20 de Junho de 2010
Holanda cumpre e França causa escândalo

Os apurados para os oitavos-de-final do Campeonato do Mundo começam a ser conhecidos. A primeira selecção a garantir o mínimo que todas ambicionam foi a da Holanda, apesar da tangencial vitória sobre o Japão e exibição de qualidade bem inferior à do primeiro confronto com os dinamarqueses. Entretanto, o êxito dos vikings sobre os Camarões acabou com as ilusões de Eto’o e compatriotas, que ficaram muito abaixo das expectativas.

O Ghana, na sequência do empate arrancado à Austrália, tem um ponto a mais que os alemães, coisa impensável ainda há poucos dias, e baralharam as contas do grupo.

Aliás, a confiança com que muitos treinadores e jogadores fizeram a viagem para a África do Sul está a ser minada por dúvidas e receios, tal a «desordem» instalada no seio de algumas comitivas.

Os franceses estão a a oferecer uma imagem degradante do comportamento de dirigentes, jogadores e treinador. Aliás, não surpreende esta situação quando, após a eliminação da França no Mundial de 2006, o treinador Raymond Domenech, já muito contestado durante a prova, começou a sua intervenção sobre a derrota com o pedido público de casamento à sua companheira.

Perante a atitude de Anelka, os dirigentes da FPF não se podem limitar à exclusão do jogador do Chelsea. Devem acompanhar um dos seus companheiros, já demissionário, e deixar o lugar a outros.

 

 

 



publicado por António Castro às 14:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 9 de Abril de 2010
Quique redime-se do fracasso no Benfica

Do rescaldo da Liga Europa surge como curiosidade um dos confrontos das meias-finais - Atlético de Madrid-Liverpool - incluir clubes que afastaram equipas portuguesas, e o Fulham ser o outro representante inglês nas duas competições europeias, cabendo-lhe defrontar o Hamburgo, depois de afastar com certa supresa os também alemães do Wolfsburgo, com vitórias nos dois jogos.

O Atlético de Madrid treinado pelo ex-benfiquista Quique Flores, tal como aconteceu frente ao Sporting, voltou a passar a eliminatória sem ganhar (nos últimos seis jogos na prova empataram cinco e ganharam um). Apenas foi suficente o número de golos marcados no terreno do Valência

(2-2, agora 0-0). 

O encontro não teve nada de pacífico e a equipa de Manuel Fernandes - a jogar com grande segurança a defesa central, posto que ocupou pela terceira vez na sua carreira - considerou-se prejudicada pelo árbitro. Um penalty não assinalado a seu favor foi a acusação do técnico Unai Emarery.

Quique Flores liberta-se assim dos traumas contraídos na Luz, embora dispor de jogadores com o valor de Reyes, Aguero, Simão e Fórlan, além do jovem guarda-redes De Gea, obrigaria a estar melhor posicionado na Liga espanhola, embora discuta a final da Taça do Rei com o Sevilha.

A prova internacional apresenta-se como argumento em que se baseia o presidente dos colchoneros para ter garantido a continuidade do treinador no clube de Madrid.

O Liverpool não será o adversário mais desejável para atingir a final de Hamburgo em 12 de Maio, mas quem chegou até aqui tem legitimidade para sonhar. 



publicado por António Castro às 20:30
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 7 de Abril de 2010
Liga dos Campeões rendida a Messi

O argentino Lionel Messi continua a ser notícia um dia depois do poker conseguido frente ao Arsenal e quando se decidiram os restantes semifinalistas da Liga dos Campeões.

O Manchester United  tinha tudo encaminhado para afastar o Bayern de Munique, com o contributo de dois golos do português Nani, mas Olic e Robben deram a volta à eliminatória e os alemães de Van Gaal estão apurados graças a mais um golo marcado no terreno do adversário. Alex Fergusson explica o desaire pela expulsão do jovem Rafael, mas os males dos red devils terão outras razões, como ficou demonstrado na recente derrota na visita do Chelsea. Uma semana para esquecer do treinador mais prestigiado dos últimos anos.

O Lyon festeja a estreia na meia-final da prova, apesar de derrotado pelo Bordéus (o resultado da primeira mão foi decisivo) e terá os bávaros como adversários. Tarefa bem pesada para o francês Aly Cissokho e o argentino Lizando López, responsáveis na época passada pela boa carreira do FC Porto.

O Benfica estará em Anfield Road para decidir com o Liverppol a continuidade na Liga Europa. Jorge Jesus apresenta um discurso ambíguo, pois enquanto garante que a sua equipa é superior, receia que a fadiga dos jogadores, com menos um dia de intervalo entre jogos oficiais, possa afectar o rendimento do conjunto.

Rafael Benitez, por seu turno, aposta nas virtudes do avançado espanhol Fernando Torres para ultrapassar a desvantagem de um golo (2-1 na Luz).

A nível interno, o tema do momento é o sucessor de Carlos Carvalhal, e afigura-se que o presidente do clube e da SAD e o director desportivo não estão em sintonia. José Eduardo Bettencourt inclina-se para um português; Costinha defende um francês, futebol onde actuou durante alguns anos. Razão que explica a especulação sobre nomes como o de Paulo Sérgio e dos gauleses Jean Tigana, Paul Le Guen e Gérard Houllier.

Que venha o diabo e escolha...



publicado por António Castro às 23:47
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010
Mas... do Sporting tudo há a esperar

Quem diria? Depois de sete jogos sem ganhar e perante um Everton em subida de forma, era difícil admitir que Alvalade vivesse  uma jornada tão positiva na Liga Europa.

A exibição fora promissora no primeiro período, mas não dava garantias que os ingleses, a qualquer momento, não resolvessem a eliminatória com mais um golo.

O leão apareceu depois do intervalo com algumas garras de fora e aconteceu o impensável. A equipa começou a desenvolver um futebol que há muito não se via em Alvalade e já se pensava ser Carlos Carvalhal incapaz de impor ao conjunto.

O primeiro golo de Miguel Veloso a viragem no jogo e na eliminatória. Pedro Mendes e Matias Fernandez deram a cor final ao espectáculo.

Nas hostes leoninas deseja-se que tenha sido a alavanca para levantar o moral dos jogadores, de molde a atenuar até Maio tão penosa época.

Uma noite ainda com as surpresas da continuidade de Ismailov, pelo menos até final da temporada, e da contratação do ex-internacional Costinha. Não como jogador, «apenas» como responsável pelo futebol. E esta, hein! 



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Final triste de um jogo d...

Chile não segura Falcão

Taça leva festa a Arouca

Kiev "gosta" dos portista...

Quem tem Aimar tem quase...

Dragão de novo no caminho...

Taça aos soluços e cerco ...

Leões cumprem serviços mí...

Russos descansam FC Porto

Marítimo goleia e leões o...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512