Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Terça-feira, 15 de Novembro de 2011
Hino depois da vitória

 

Há muito tempo que a selecção de Portugal não vivia uma jornada semelhante. Público vibrante, jogadores com uma vontade indómita de ganhar, o "tranquilo" treinador Paulo Bento a festejar com inusitada alegria cada golo marcado

Depois de muitas peripécias que proporcionaram momentos de angústia aos portugueses, pois os bósnios deram por momentos a ideia de poderem sair da Luz com um empate, tudo acabou em goleada.

Mas houve mais. Nunca ao longo dos anos de profissão assisti a um espectáculo que diria inédito: os jogadores, reunidos em grupo, com a bandeira nacional à frente, festejaram o apuramento para o Europeu 2012 a cantar o hino.

Na pessoa do capitão Cristiano Ronaldo, afinal a mola impulsionadora desta jornada impar, parabéns a todos os elementos envolvidos num apuramento quase impossível há meses.

Paulo Bento, apesar de não pretender os louros, não se liberta de ficar na história.



publicado por António Castro às 23:02
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 17 de Setembro de 2011
Pedro Emanuel provoca Jesus

A visita da Académica à Luz é um dos dois encontros que concentram as atenções deste domingo. O ex-adjunto do FC Porto, Pedro Emanuel, um exemplo da escola vencedora e dos mind games perfilhados à perfeição no Dragão, não se atemoriza com a visita dos estudantes à Segunda Circular e afirma sem rodeios: «Qualquer equipa pode  ganhar na Luz.»

Teoricamente, nada a criticar ao jovem técnico em estreia como responsável principal em Coimbra, mas não se afigura que Jorge Jesus e os seus jogadores fiquem impressionados com estas palavras de confiança. Tanto mais que Pedro Emanuel não esquece a diferença de potencial das equipas em confronto: «Desde o início da época que dissemos que, em qualquer campo, e frente a qualquer adversário, iríamos tentar jogar o jogo pelo jogo, mantendo os nossos princípios e dando o melhor, mas é claro que são equipas com objectivos completamente diferentes e capacidades também distintas».

Para chegar a esta conclusão, talvez um discurso para o exterior modesto fosse mais eficaz e, caso as coisas não decorram à medida das ambições, a desilusão seria menor.

Há que respeitar, no entanto, os expedientes psicológicos dos responsáveis junto dos seus atletas.



publicado por António Castro às 22:36
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011
Benfica tarda a impressionar

«Era importante para o Trabzonspor marcar primeiro, mas nós também entrámos no jogo com essa mentalidade. Tivemos a felicidade de o fazer e, a partir daí, a eliminatória tornou-se mais fácil, mesmo sem estar a ganhar. Sabemos que esta é uma equipa perigosa e que a qualquer altura podíamos ser surpreendidos em contra-ataque. Depois do intervalo e da expulsão, o jogo ficou a nosso favor e tivemos várias oportunidades de golo... Tínhamos de o fazer. A eliminatória não estava ganha e não podemos desperdiçar ocasiões para colocar nota artística no jogo, porque isso não é competição. É um problema para falarmos, porque fiquei insatisfeito com essa situação.»

 

 

Frases de Jorge Jesus in Maisfutebol

 

 

Nolito decidiu cedo a eliminatória, mas o treinador da Luz não gostou, mais uma vez, da exibição, mormente da flagrante ineficácia defensiva. Jorge Jesus parece mais preocupado do que nas épocas transactas, mesmo na última, quando cedeu o título ao FC Porto. Em qualquer dos casos teve de construir uma equipa à sua imagem, mas este ano foram em maior número as alterações do plantel, a reflectir-se no entendimento entre os jogadores. A tarefa não parece fácil, apesar de distribuir elogios por vários jogadores, em jogos menos brilhantes.



publicado por António Castro às 23:03
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 26 de Maio de 2011
Só desgraças

Andávamos todos entretidos a ler os nomes dos jogadores que podem mudar de clube e, em especial, as dezenas apontados aos clubes principais, portugueses ou estrangeiros, e uma notícia veio agitar os bastidores do futebol. Daquelas com todos os ingredientes para causar polémica, informação e contra-informação, desmentidos e até recurso aos tribunais.

A informação de que elementos da Polícia Judiciária estiveram nas instalações do Benfica para investigar o contrato do guarda-redes Júlio César, transferido, há duas épocas, do Belenenses para a Luz, acabou com o gozo de todos os dias se ver uma manchete com o nome de novo reforço - ou não - dos "nossos" clubes.

O Benfica logo reagiu dizendo que nada tinha a ver com o assunto, pois o «problema era a montante» do clube, mas as achas para a fogueira estão lançadas.

Não se pode estar um momento sossegado neste país. Se a campanha eleitoral começa a saturar pelo ruído feito pelos candidatos ao poleiro, pelo menos o futebol podia dar-nos descanso para nos vermos a final da Taça dos Campeões e, dias depois, o jogo de qualificação do Europeu 2012, onde Portugal não pode distrair-se com a Noruega.

Afinal, está tudo estragado.

 



publicado por António Castro às 23:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 9 de Maio de 2011
Presidente dá recado a Jesus

«Peço a todos que não comecem a gritar que vamos ser campeões. O próximo jogo é uma final, vai ser esse o nosso pensamento. Internamente é isso que se vai dizer, e toda a massa associativa deve pensar assim também. Não há campeões feitos antecipadamente, já pagámos algumas facturas caras por pensarmos assim. Tenhamos todos os pés no chão, sejamos humildes, respeitemos todos os nossos adversários, porque eles nos vão respeitar.»

 

Luís  Filipe Vieira em entrevista ao programa Zona de Decisão, da Benfica TV

 

O presidente da Luz, afinal, mandou um recado para dentro do clube. Se Jorge Jesus não o apreender e exercer pedagogia nesse sentido junto dos seus jogadores não terá dias fáceis na próxima época.

 



publicado por António Castro às 23:41
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 7 de Abril de 2011
Futebol ganha e País perde

Dragão: 5-1. Luz: 4-1. Kiev: 1-1. Queriam mais? Nesta altura, nem no Totta...

Acrescente-se que no outro encontro europeu desta noite, os espanhóis do Viillarreal também golearam: 5-1.

Surpreende que nesta fase da Liga Europa se tenha verificado tanto desequilíbrio nos resultados, facto que também aconteceu na Liga dos Campeões. Reflexo, em certa medida, das características de uma competição a eliminar, na qual diversos "detalhes", como agora se diz, podem tornar-se determinantes.

O Sporting de Braga, cuja deslocação à Ucrânia era por si só uma dificuldade, conquistou o único resultado normal e que deixa entreabertas as portas do apuramento. Domingos Paciência não ficou satisfeito com a exibição e todos os jogadores tiveram a sensação de que se torna necessário mais e melhor para entrar no «bando dos quatro" da elite.

Benfiquistas e portistas estiveram próximo do seu melhor em termos colectivos, mas Falcão, marcador de três golos, e Aimar, com um golo e exibição espectacular, sobressaíram num dia em que esteve em evidência, pela positiva, o nome de Portugal. O futebol apenas salvou as aparências.

As duras realidades da crise conduziram o País a mais uma derrota de proporções ainda imprevisíveis.  



publicado por António Castro às 23:28
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 4 de Abril de 2011
Brincar com o futebol

A atitude do Benfica na festa do título do FC Porto está gerar um movimento para desvalorizar aquilo que ninguém de bom senso deve considerar, pelo menos, falta de fair-play dos responsáveis da Luz.

O treinador Jorge de Jesus, confrontado na noite do jogo com o apagão, retorquiu no seu estilo "reguila" não ser electricista, mas treinador. Algumas horas passadas, alguém fez passar uma mensagem, supostamente do DIAP (Departamento de Investigação e Acção Criminal), na qual se considera não existir crime. O contrário é que seria de estranhar, pois aos benfiquistas seria sempre fácil alegar inesperada avaria de origem desconhecida para justificar o corte da electricidade.

Quem não ficou nada satisfeito com a "brincadeira" foi o superintendente da PSP Costa Ramos: «Os dirigentes puseram em causa a segurança dos agentes.» Estas palavras reflectem, sem qualquer dúvida, que esta atitude poderia ter consequências graves. Como se ajuiza, então, o expediente dos encarnados?

Aos órgãos disciplinares da Liga e FPF este caso não deve passar impune. Caso contrário, tudo será de aceitar, mesmo com consequências mais graves do que festejos às escuras e bem regados com água.



publicado por António Castro às 20:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Domingo, 3 de Abril de 2011
Luz na escuridão

A vitória do FC Porto sobre o Benfica confirmou aquilo que se esperava há meses e neste blogue foi várias vezes admitido. André Villas-Boas conduziu o plantel à reconquista do título após um ano de intervalo e provocou enorme desilusão aos lisboetas, sem estofo para ver o adversário festejar em sua casa.

Num encontro em que faltou a nota artística dos encarnados, frase de tanto agrado de Jorge Jesus, embora nem sempre utilizada nos momentos certos, confirmou-se a coesão da equipa do Dragão e a capacidade do técnico e jogadores, expressas na vantagem de 16 pontos quando ainda faltam cinco jogos para o termo do campeonato.

Infelizmente sobrou o nervosismo, na origem de muitas faltas e, consequentemente, a afectar a o nível do espectáculo.

Pior do que isso, assinale-se a falta de desportivismo, reflectida no apagão e na rega "decretada" pelos  responsáveis benfiquistas, em plena festa portista.

Que espertos são os portugueses...

 



publicado por António Castro às 23:43
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 20 de Março de 2011
As profecias de Jesus

Jorge de Jesus começa a ver o terreno a fugir-lhe debaixo dos pés e resolve distrair a plateia futebolística, nomeadamente os adeptos da Luz.

Antes da deslocação a Paços de Ferreira continua agarrado freneticamente à calculadora para garantir que ainda não cedeu o título aos portistas. E mesmo que o seu prognóstico apontasse para André Villas-Boas ter problemas na visita da Académica - e teve-os durante a primeira parte, período em que foi para o balneário a perder - dificilmente entregaria os três pontos à Briosa.

Como motivo de diversão da análise do essencial, resolveu também tecer considerações sobre a próxima eliminatória da Liga Europa e teve uma conclusão brilhante: o PSV Eidhoven tem mais historial que os os adversários das outras equipas portugueses presentes na prova - Sparta de Moscovo (FC Porto) e Dínamo de Kiev (Sporting de Braga).

Por fim, resolvei emitir opinião sobre a actualidade do Sporting e considerou que o clube ficaria melhor servido com um treinador português do que com um estrangeiro. «Daria muito mais luta ao Benfica, não tenho dúvidas!», garantiu Jorge Jesus. Reduzir ao despique com a sua equipa as vantagens dos leões terem um compatriota na direcção técnica só pode significar uma brincadeira de mau gosto ou falta de respeito pelo rival de Alvalade.

Além disso, com estas duas «teorias» provou mais uma vez que os seus horizontes estão limitados a este canto da Europa, e poucos esforços faz para se actualizar com a realidade do futebol europeu e mundial. Como exemplo, saliente-se  desconhecer as características dos jogadores e filosofia táctica e estratégica do treinador do PSV e referir apenas o passado do clube holandês e a actual posição no respectivo campeonato.

Jorge Jesus ainda não aprendeu que, em certas circunstâncias, o calado é o melhor.



publicado por António Castro às 23:43
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 1 de Janeiro de 2011
Ano Novo, Vida Velha


publicado por António Castro às 02:49
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010
Falcão sem limites; Benfica condicionado

O FC Porto completou a jornada europeia dos portugueses com mais uma vitória em condições climatéricas penosas para quem está habituado a temperaturas mais moderadas.

Nas actuais circunstâncias, no entanto, não existem obstáculos de qualquer espécie para os Dragões. Pelo contrário, um relvado coberto de neve constituiu motivo para redobrado empenho dos jogadores e, curiosamente, apresentou-se como fonte de inspiração para o colombiano Falcão, autor dos três golos seguintes ao dos austríacos do Rápido de Viena.

Uma exibição para não esquecer, segundo o treinador André Villas-Boas, a orientar uma equipa com uma embalagem vitoriosa impressionante, seja no panorama nacional como na Liga Europa.

Jorge Jesus, depois da vitória sobre o Olhanense na Luz, em confronto antecipado da 13.ª jornada da I Liga, considerou o resultado melhor que a exibição.

A dupla Cardozo - com a cumplicidade do guarda-redes Moretto, ex-jogador dos encarnados - e Saviola voltou a solucionar os problemas com que o técnico continua a debater-se para atingir os níveis da temporada passada.

Para já não desperdiçou os três pontos e gostaria que acontecesse um «milagre» na segunda-feira, na deslocação do Vitória de Setúbal ao recinto dos portitas.

Amanhã, o Sporting de Paulo Sérgio continua à procura da se libertar de complexos, agora na viagem a Portimão.

A vida continua, depois da desilusão de alguns portugueses pela FIFA ter desprezado a candidatura ibérica para o Mundial de 2018. Os nossos brandos costumes impedem imitar o presidente da Federação inglesa que pediu, pura e simplesmente, a demissão do cargo. Roger Burden não quer mais conversas com Joseph Blatter.



publicado por António Castro às 23:42
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 3 de Outubro de 2010
Olhos postos no Norte

A expectativa mantém-se até ao termo da jornada. O FC Porto continuará em marcha acelerada? O Sporting conseguirá, com a goleada ao Levski, libertar-se dos fantasmas internos?

O grande vencedor da jornada - a sétima - no que se refere aos lugares cimeiros foi o Benfica. Exibição bem ou pouco conseguida, remate portentoso de Carlos Martins e um final da partida em que se preocupou sobremaneira em defender o resultado através de meios comuns a muitas equipas, impediu que Domingos Paciência levasse os três pontos para Braga e ultrapassou os grandes rivais da época passada. Ficou agora a par do Olhanense - uma surpresa até ao momento -, até porque a Académica não resistiu em Leiria.

Enquanto se espera pelo que acontecerá em Aveiro e Guimarães nas próximas horas, ficam as declarações de Jorge Jesus e Domingos Paciência. O primeira fala em «recuparação espectacular na classificação» (já não lhe chegaram os pontos perdidos para o líder?); o segundo defende-se ao declarar não ser normal «ver um grande queimar tempo como fez o Benfica» (reagiria de maneira diferente em circunstâncias idênticas quem também pensa - ou pensava - no título?).

Deixem-se de conversa para adormecer meninos...

 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010
Benfica atiça fogueira do futebol

Segunda-feira foi de tal forma agitada no futebol português que se torna impossível abarcar apenas num post os temas em destaque. A ordem cronológica aponta para se começar pela reacção dos órgãos sociais do Benfica aos aspectos relacionados com o encontro disputado em Guimarães, nomeadamente quanto ao trabalho do árbitro, aos estragos provocados no autocarro no Porto, partindo depois para outras vertentes. Em suma, foram colocados em causa  diversos agentes do futebol e um governante com a tutela do desporto.

A arbitragem de Olegário Benquerença foi o mote das queixas do clube da Luz para uma lista de perguntas aos responsáveis da arbitragem; convidar os adeptos a não comparecer aos jogos do Benfica realizados fora da Luz; ameaça de suspender de imediato as negociação com a Olivedesportos sobre o futuro das transmissões televisivas; equacionar a ausência da Taça da Liga; pedidos de audiência a ministro; e, por fim, considerar persona non grata um elemento do Governo.

Por muitas razões de queixa que tenham Luís Filipe Vieira e seus pares, é surpreendente como este lote de reivindicações só surge depois de três inesperadas derrotas no início do campeonato, algumas fora do contexto e outras a sugerir formas da chantagem.

Cuidado mandantes do futebol português! Assim acabam depressa com o respeito dos adeptos ferrenhos mas não estúpidos.

 



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 8 de Abril de 2010
Benfica cansado do... passeio à Figueira

Acabou o sonho europeu do Benfica na presente época. O Liverpool conseguiu surpreender a equipa que em Portugal melhor futebol tem praticado e continua a ser o mais credível candidato ao título. Prejuízo para os cofres da Luz e para o ranking europeu do país.

As razões não residiram no cansaço que o treinador da Luz andava a «vender» há dias, por ter defrontado a Naval 24 horas depois do último compromisso oficial dos ingleses. O confronto com a equipa de Augusto Inácio não foi tão desgastante como se pode depreender do resultado, e se a fadiga está a apoderar-se dos jogadores terá a ver com a forma como os responsáveis geriram a preparação desde o início da temporada.

O colapso em Anfield Road deve-se essencialmente às diferentes leituras e correspondente procura de soluções que Jorge Jesus e Rafael Benitez fizeram do encontro da primeira «mão».

entourage benfiquista, dos adeptos a pessoas mais responsáveis, incluindo certa comunicação social, subestimaram diversos aspectos importantes nesta eliminatória:

1 - Um resultado de 2-1 é um dos piores que pode acontecer em casa, pois basta um golo do adversário para assegurar o apuramento;

2 - A debilidade demonstrada pela equipa do Liverpool no campeonato interno (sexto) não faz dela um adversário menor - resultou da venda de importantes jogadores e de uma política de contenção nas aquisições -, mas ainda possui activos valiosos;

3 - O treinador espanhol Rafa Benitez, de valioso palmarés, é um conhecedor profundo do mundo do futebol e por diversas vezes demonstrou invulgares dotes de estratégia - que o diga José Mourinho!!! - perante equipas bem mais valiosas que o Benfica;

4 - Jorge de Jesus, desta feita, agiu mais com os sentimentos do que com a cabeça e terá subestimado o ambiente em Anfield Road, a real capacidade do contra-ataque adversário, com um futebolista chamado Fernando Torres, e a matreirice do homem que se sentou no banco do adversário.

Demasiados «esquecimentos» em jogos com equipas de apreciável traquejo europeu.

 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010
Túnel da Luz de novo em foco

Não passa um dia em que não se registe um escândalo no futebol português. Não será este o melhor caminho para a sua promoção e, qualquer dia, os adeptos deixam de deslocar-se aos estádios, tal como as eleições políticas cada vez registam maior percentagem de abstenções. Por culpa de quem?

Após o impacto do desentendimento entre Sá Pinto e Liedson, eis que se revelam desacatos - acompanhados de imagens de vídeo - verificados há quase dois anos - 30 de Agosto  de 2008 - nos túneis do Estádio da Luz, após um confronto entre o Benfica e o FC Porto. 

A divulgação foi feita agora por Acácio Valentim (team-manager) do FC Porto, com queixas de agressão e a garantia de que «tudo foi orquestrado para haver uma reacção dos jogadores do FC Porto.»

O Benfica reagiu de imediato, vai apresentar o caso à ERC (Entidade Reguladora da Comunicação) e apresenta queixa contra a Lusa por divulgação da notícia e de algumas imagens.

O FC Porto explica o seu silêncio na altura pela «parcialidade» da Liga.

Este organismo garante desconhecer o caso, enquanto a PSP já informou ter-lhe enviado um relatório em devido tempo.

A considerar como sustentadas estas notícias dispersas e antagónicas, quem estará a mentir?

Se a verdade não interessar a gente influente, continuaremos sem saber. O contrário é que seria de admirar.



publicado por António Castro às 23:54
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Hino depois da vitória

Pedro Emanuel provoca Jes...

Benfica tarda a impressio...

Só desgraças

Presidente dá recado a Je...

Futebol ganha e País perd...

Brincar com o futebol

Luz na escuridão

As profecias de Jesus

Ano Novo, Vida Velha

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512