Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Sábado, 13 de Fevereiro de 2010
Últimos colocam «grandes» em xeque

Belenenses e Leixões deixaram, respectivamente na Luz e no Mar, uma mensagem que deveria ser apreendida por outras equipas supostamente com maiores potencialidades.

António Conceição, ao contrário do que dissera na véspera Jorge Jesus - «Toda a gente tem medo do Benfica, até sonham com o Benfica, em termos tácticos» - incutiu nos jogadores do Belenenses ambição quanto baste para não deixar o guarda-redes Quim tranquilo e, naturalmente, não foi ingénuo ao ponto de deixar que os encarnados fizessem gato sapato da sua defesa.

Houve dignidade dos azuis do Restelo e Jorge Jesus viu-se obrigado a recorrer ao cansaço de alguns jogadores para justificar a vitória por apenas um golo de Cardozo.

Do Leixões, com o comando técnico entregue agora ao espanhol Fernando Castro Santos, teriam que se esperar cautelas e pouco mais. Afinal, enfrentou com dignidade a habitual teia portista, enredada em si própria, no meio-campo e à frente, e nem um golo deixou marcar.

A distância para o Benfica, embora com um jogo a menos, e em relação ao Braga, começa a perturbar Jesualdo Ferreira. Justificou o empate, em percentagem mínima, à inoperância da equipa, e a restante foi endereçada para o trabalho do árbitro.

Discurso inédito do treinador portista.  



publicado por António Castro às 23:56
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 30 de Janeiro de 2010
Pagar para ganhar

O Correio da Manhã e o Record publicaram na quarta-feira (dia 27) uma notícia que, a avaliar pelos seus contornos, constitui mais um exemplo flagrante da podridão que grassa no futebol português.

Três capitães do Leixões revelaram que teriam sido abordados por um indivíduo, alegadamente em nome do Sporting de Braga, a oferecer-lhes 50 mil euros caso a equipa de Matosinhos conquistasse pontos na deslocação ao Benfica.

O jogo realizou-se a 26 de Setembro de 2009, o conjunto orientado por Jorge Jesus aplicou uma das suas goleadas (5-0) e, curiosamente, dois jogadores do Leixões foram expulsos e registaram-se muitas queixas contra a arbitragem por parte dos nortenhos.

Acrescente-se que os jogadores visados comunicaram o caso ao treinador, este avisou o presidente e a SAD comunicou aos responsáveis do Braga e do Benfica.

O caso está a ser averiguado pela Liga. Apesar de não ser considerado crime de corrupção desportiva, não deixa de constituir uma ilegalidade e estão previstas sanções para os prevaricadores,

Uma semana em que o desporto sofreu mais um golpe baixo...

 



publicado por António Castro às 17:49
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 13 de Março de 2009
Mar encapelado para Leixões

José Mota está confrontado com nova realidade. Durante meses na crista da onda, devido à carreira fulgurante do Leixões, a equipa começa a fraquejar e os resultados menos positivos sucedem-se a um ritmo impensável.

O Paços de Ferreira terá feito soar mais forte o alarme matosinhense ao ganhar por margem de golos concludente (4-0). O próprio treinador matosinhense reconheceu ser "um resultado que marca", fala em desconcentração dos jogadores, em golos sofridos de bola parada, e concluiu: "Temos de perceber o que se passa".

A jornada continua nos próximos dias e muitas coisas podem acontecer, pois nesta edição da Liga, em comparação com as anteriores, o grau de previsibilidade é menor.

Além disso, factores imprevistos, caso da contestação vivida nos últimos dias em Alvalade devido ao descalabro na eliminatória com o Bayern de Munique, permitem admitir que factores psicológicos podem contrariar a ´precária lógica do futebol.

Se o mar surge encapelado para os lados de Matosinhos, outras zonas não estão livres de inesperados vendavais.

O tempo está muito incerto...

 

 



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 7 de Março de 2009
José Mota não precisa de desculpas

Era inevitável. O desgaste de uma prova como o campeonato acaba por se fazer sentir nas equipas que lutam com dificuldades no recrutamento dos jogadores mais valiosos e, por vezes, são obrigados a ceder os seus melhores valores em Janeiro para equilíbrio das finanças.

José Mota deve estar orgulhoso daquilo que conseguiu ao longo desta época no Leixões e, por consequência, dispensam-se comentários semelhantes aos proferidos após a derrota frente ao frente ao FC Porto.

Penalties desnecessários são cometidos com frequência, até pelos melhores jogadores, e golos caricatos acontecem também em todos os jogos e cometidos pelos futebolistas mais credenciados.

Portanto, o treinador do Leixões terá de aceitar como natural a menor capacidade de resistência dos seus pupilos perante um FC Porto acossado por dois adversários que espreitam o menor deslize do campeão para ameaçar a liderança.

Entrou-se na hora da verdade, e o Leixões, tal como o Paços de Ferreira em Alvalade, devem encarar os desfechos das partidas com a mesma dignidade com que  durante semanas figuraram como vedetas, embora em planos diferentes, na presente edição da Liga.



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 14 de Dezembro de 2008
"Penalties" entram na bagagem do Leixões

O  Leixões ameaça revolucionar a hierarquia do futebol português. Durante dez jornadas à frente do campeonato, José Mota viu os seus jogadores eliminar o Benfica da Taça.

Confronto de apreciável intensidade competitiva, sem a devida correspondência em lances ofensivos perigosos, acabou por ser resolvido na lotaria das grandes penalidades. Desta feita, a "fava" saiu a Jose Antonio Reyes ao falhar a última da primeira série de cinco.

O treinador da Luz, Quique Flores, apesar de não entender justa a eliminação, convidou toda a estrutura benfiquista à reflexão, pois parece ter como dado adquirido também ser afastado da Taça UEFA.

José Mota, imperturbável perante a onda de elogios ao seu trabalho nos matosinhenses, tem um discurso entre a ironia e o sonho. Confessa que o espectáculo da final do Jamor, onde já esteve como espectador, é muito bonito, mas afastado do caminho o líder da Liga, ambiciona deslocar-se ao Estádio Nacional na condição de treinador finalista.

Entre os vários adversários possíveis ainda se encontra o FC Porto, cujo plantel de segunda linha apenas deu um ar de graça na segunda parte do jogo em Cinfães, facto que não agradou a Jesualdo Ferreira, a distribuir recados e a apresentar o comportamento de Guarín como um exemplo.

A Taça costuma primar pelas surpresas. Veremos...

 



publicado por António Castro às 07:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 6 de Dezembro de 2008
Atrevido Leixões em novo teste

FC Porto e Sporting ultrapassaram os adversários no ínício do segundo terço do campeonato. Vitória de Setúbal e Estrela da Amadora, este a viver momentos conturbados devido a salários em atraso, apareceram na fase inicial dos respectivos jogos com disposição de discutir os resultados. Os amadorenses até conseguiram abrir o marcador, mas prevaleceu a lei do mais forte e dragões e leões regressarem a casa na expectativa do que acontecerá nos dois próximos dias.

Como factos a registar, a ausência de Raul Meireles, em gestão de esforço segundo o treinador Jesualdo Ferreira, e o regresso de Vulkcevic nos lisboetas, após longo braço-de-ferro com Paulo Bento.

Por curiosidade, o tento da tranquilidade dos sportinguistas foi obtido pelo discutido jogador, na sequência de um remate com o pé esquerdo. Dir-se-à que Vukcevic contrariou o adágio popular: reentrou com o pé esquerdo...

As surpresas só podem agora acontecer na visita do Benfica ao Marítimo, onde de certeza Quim estará ausente da baliza, a penar por "erros" recentes; e se o líder Leixões manterá a "boa onda" na deslocação a Guimarães.

Eventual vitória do plantel de José Mota permitiria aos leixonenses olhar de alto para Benfica, Sporting e FC Porto. Que atrevimento... 

 



publicado por António Castro às 23:50
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 29 de Novembro de 2008
Leixões contribui para semana imprevisível

A sexta-feira costuma ser um dia feliz para o Leixões e o treinador José Mota, mas a Naval impediu na noite de ontem a continuidade do pleno de pontos dos matosinhenses e levou para a Figueira da Foz dois dos três em disputa.

José Mota, por palavras e cremos por convicção, apontou como meta no campeonato a tranquilidade classificativa, sem deixar de admitir o sonho de levar o clube a uma prova europeia. Neste momento, a liderança é provisória e tudo depende do comportamento do Benfica no compromisso com o Vitória de Setúbal, segunda-feira na Luz.

Será lógico que as dificuldades aumentem para a equipa-surpresa deste início da competição - já longa de nove jornadas - à medida que decorre a prova, pois o Leixões transformou-se num alvo apetecível.

Aliás, José Mota referiu, após o jogo com os figueirenses, que as equipas apresentam-se agora no Estádio do Mar muito cautelosas e torna-se mais fácil jogar no terreno dos adversários. Dir-se-à ser o preço da fama, impossível de evitar, e quem tiver condições para o "pagar" ficará com as portas abertas para um brilharete.

Ao completar-se a jornada correspondente ao primeiro terço da Liga - o FC Porto continuará com um jogo em atraso (Estrela da Amadora) até 17 de Dezembro - ainda nada será definitivo. Apenas se poderá reflectir sobre tendências...



publicado por António Castro às 08:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 22 de Novembro de 2008
"Avestruzes" afluem ao Mar

Oito representantes de equipas estrangeiras estiveram, na noite de ontem, a assistir ao confronto entre o Rio Ave e a nova coqueluche do futebol português que dá pelo nome de Leixões.

Celta de Vigo, Valência, Málaga, Everton, Roma, Saint-Etiènne, Paris Saint-Germain e Le Mans quiseram ver o que existe de especial nesta equipa, até agora desconhecida além fronteiras, e testemunhar o milagre conseguido por um treinador, José Mota, que passou anos de anonimato internacional na orientaçãodo Paços de Ferreira e, de repente, tornou-se o alvo dos holofotes da fama.  

Estes olheiros devem admitir que no velhinho clube da Cruz de Pau existem jogadores que podem fazer a diferença nas respectivas equipas e aprestam-se para assaltar o "património" do Estádio do Mar e deixar alguns euros nos seus cofres, hipótese já admitida pelo presidente. Wesley, por exemplo, já diz que continuará em Matosinhos até Dezembro e depois se verá...

Esta é a lógica actual do futebol, e neste momento interessa enaltecer o trabalho desenvolvido por treinador e jogadores ao garantirem mais uma jornada na ribalta, depois do êxito na primeiro jogo da nona jornada.

Mas o sonho não durará muito tempo. As "avestruzes" estão a chegar...



publicado por António Castro às 08:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 26 de Outubro de 2008
Leixões asusta o Dragão

José Mota teve uma compensação para o trabalho desenvolvido nos últimos anos. Sempre sereno, sem alardes de vedeta, consciente da realidade do futebol português, pois são raros os técnicos nacionais com acesso às equipas mais poderosas, passou anos a orientar o Paços de Ferreira. Viveu momentos de alegria e teve, naturalmente, dissabores, mas conseguiu conciliar com fair-play as duas situações, mais frequentes em clubes modestos.

Na noite de ontem estava-lhe reservada uma prenda que não deixou de salientar e perdurará no seu palmarés. Ao serviço do Leixões conseguiu pela primeira vez na sua carreira vencer no Dragão. Essa façanha não será esquecida no tempo, enquanto o facto do resultado ter elevado o conjunto de Matosinhos ao topo classificativo da Liga poderá ser passageiro.

Jesualdo Ferreira, por seu turno, teve uma noite de azia, bem expressa no monólogo que manteve com os jornalistas na análise à derrota. Ao técnico compete diagnosticar os males que apoquentam nos últimos tempos o FC Porto - duas derrotas seguidas - e encontrar ou propor as adequadas soluções. Os adeptos portistas tornaram-se, devido a um passado recente brilhante, exigentes e, porventura, arrogantes, e Pinto Costa gosta de impedir o desenvolvimento de crises.



publicado por António Castro às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Últimos colocam «grandes»...

Pagar para ganhar

Mar encapelado para Leixõ...

José Mota não precisa de ...

"Penalties" entram na bag...

Atrevido Leixões em novo ...

Leixões contribui para se...

"Avestruzes" afluem ao Ma...

Leixões asusta o Dragão

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512