Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»

Terça-feira, 16 de Junho de 2015
Vitória sobre Itália anima técnico no regresso

Fernando Santos voltou ao banco com uma vitória. O bracarense Éder marcou o primeiro golo ao serviço da selecção na 18.ª internacionalizações. Portugal quebrou um jejum de vitórias em confrontos com os italianos que se prolongou desde Dezembro de 1976 (39 anos).

Aspectos meramente estatísticos, por vezes de significado relativo, tanto mais quando tudo aconteceu num encontro de particular e em que tanto Antonio Conte como Fernando Santos fizeram muitos testes para os próximos jogos de qualificação do Europeu de França. De salientar que Daniel Carriço, um produto da formação sportinguista e companheiro do guarda-redes Beto no Sevilha, se estreou na equipa nacional.

De qualquer forma, os treinadores fizeram diversas análises. O português garantiu: «Mostrámos que somos uma grande equipa». Quem diria... O italiano considerou que os seus comandados mereciam o empate, enquanto a imprensa transalpina coloca em causa a sua continuidade no comando da Squadra Azurra, pois a Itália ainda não garantiu a presença na fase final do Europeu 2016.

Especulações próprias do futebol.



publicado por António Castro às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Domingo, 16 de Junho de 2013
Balotelli salva Itália

O renovado Maracanã serviu de palco ao duelo entre mexicanos e italianos no segundo jogo da Taça das Confederações, e o público sul americano teve oportunidade de apreciar as qualidade de um trintão (Pilro) e o faro para o golo de Balotelli (cerca de uma dezena de anos mais novo), os responsáveis pela vitória da Itália. O golo mexicano resultou de uma grande penalidade apontada por Hernández (o Chicharito do Manchester United).

As espectativas não foram goradas no que se refere ao espectáculo, com ligeira supremacia dos transalpinos, mais experientes, certeiros na movimentação das suas unidades e retirando o máximo dividendo de duas estrelas. Pilro, o organizador de jogo e eximío marcador de livres, e o expedito e irreverente Balotelli, sem falar no "eterno" guarda-redes Buffon.

Aos mexicanos segue-se o Japão, já apurado para o Mundial 2014, curiosamente treinado pelo Alberto Zaccheroni. Um duelo italiano no banco.



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 16 de Março de 2011
Inter: único visitante apurado

O Inter, agora treinado pelo brasileiro Leonardo, continua na senda de José Mourinho. Depois de perder (1-0) em Milão com o Bayern foi a Munique surpreender os alemães e, num confronto de elevada emoção, qualificou-se por mais golos marcados fora, pois o encontro da segunda mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões terminou em 2-3.

Além de ser a equipa transalpina sobrevivente nas duas provas europeias, foi a única a passar a eliminatória na condição de visitada no primeiro confronto. Com vitórias, derrotas ou empates, os restantes apurados - Barcelona, Shakhtar, Tottenham, Schalke, Manchester United, Chelsea e Real Madrid - estrearam-se fora, confirmação da vantagem em que o confronto final decorra em ambiente caseiro, desde que a deslocação não seja desastrosa em termos de resultado.

Apenas Van Gaal, que havia ganho em Milão, não conseguiu ultrapassar a crise do Bayern, bem patente a nível interno, e desforrar-se da derrota na final do ano passado, em Madrid, precisamente frente ao clube de Moratti.

 

 



publicado por António Castro às 23:40
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 26 de Julho de 2010
RAI oculta erros da arbitragem

Quando cresce o movimento favorável à adopção das novas tecnologias para tornar o futebol mais transparente - melhor, as decisões do árbitros menos sujeitas a erros -, eis que em Itália será imposta um determinação em sentido contrário.

A RAI anunciou que a partir de 29 de Agosto, data do início do campeonato, cortará as repetições das imagens mais polémicas, e os assuntos da arbitragem serão apenas abordados por elementos ligados ao sector.

Numa altura em que o presidente da FIFA parecia mais aberto a pressionar os membros da International Board a tirar partido de meios mais sofisticados em benefício da verdade do jogo, os italianos enveredam pura e simplesmente pela censura de imagens.

Cada vez se percebe melhor a razão por que José Mourinho ficou desencantado com a experiência italiana e, conseguido o seu principal objectivo, forçou a saída para outras paragens muito antes do termo do contrato.

 



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 16 de Maio de 2010
Mourinho persegue Chelsea e Bayern

Chelsea e Bayern de Munique fizeram segunda festa esta temporada. Alcançaram vitórias nos campeonatos e nas Taças dos respectivos países (Inglaterra e Alemanha). O italiano Carlo Ancelotti e o holandês Louis Van Gaal não podiam ter melhor prenda no ano de estreia nestes clubes.

O segundo passou por momentos conturbados no início da época. Durante alguns meses o rendimento da equipa bávara causou preocupações, acrescidas pelo litígio com Ribéry, mas quando os jogadores assimilaram os conceitos do técnico começou a arrancada para o título, embora sob pressão de alguns adversários quase até ao termo da prova.

A Taça da Alemanha, derimida com a equipa dp português Hugo Almeida (suplente utilizado) acabou por ser um passeio, já que o Werder Bremen foi incapaz de aguentar a pressão ofensiva do adversário (4-0). 

A tarefa do antigo técnico do Milan sugeriu maior tranquilidade, já que o grande opositor - Manchester United - não demonstrou a qualidade dos anos precedentes. Às saídas de Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Tévez (Manchester City) juntaram-se várias lesões, sendo a de Rooney a mais decisiva. O português Nani ultrapassou todas as expectativas e teve a melhor época em Manchester, de qualquer forma insuficiente para compensar as baixas sofridas por Alex Fergusson. 

Carlo Ancelotti considera fantástico o comportamento dos bluesque, ao derrotarem o despromovido Portsmouth (1-0) em Wembley, conseguiram fazer história no clube de Abramovich, pois a alegria do duplo éxito na mesma época nunca fora vivida pelos adeptos.

Curiosamente, associado a estes acontecimentos, está, por várias razões, o nome de José Mourinho. Também ele, se o Inter ganhar em Siena, pode hoje conseguir a dobradinha em Itália: junta à recente vitória na Taça, obtida sobre a Roma, a conquista do campeonato. A seguir, disputará com Van Gaal, do qual foi adjunto no Barcelona há anos, a final da Liga dos Campeões., em Madrid.

Finalmente, pertence-lhe o mérito de ter dado ao Chelsea o primeiro título de campeão após 50 anos de jejum, e venceu todas as provas inglesas, embora em anos diferentes, a orientar Drogba, Lampard e companhia, que ainda por lá andam.

O Special One cumpre numa semana nova etapa crucial, mas a sua carreira de técnico já não pode ser retirada da história do futebol mundial.



publicado por António Castro às 08:39
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
Os «Josés» (Mourinho e Manuel) de Portugal

Alguns conflitos com a comunicação social, frequentes críticas aos árbitros e uma carreira menos tranquila no campeonato têm mostrado um José Mourinho mais tenso nos jogos do Inter, alguns salvos nos minutos de descontos, e nem sempre com vitórias.

A acrescentar a este panorama, não dispensa uma «boa polémica» com os colegas de profissão quando se considera provocado e já tem uma mão cheia de inimigos.

Ao seu estilo, o português lembra que lidera a prova principal italiana, continua na Liga dos Campeões e na mais modesta Taça transalpina. Até ver.

Nos jogadores parece encontrar os seus maiores admiradores. A recente eleição de melhor treinador  do ano de 2009 pela associação dos futebolistas transalpinos e as declarações do sueco Zlatan Ibrahimovic (agora a jogar no Barcelona) constituem exemplo elucidativo da empatia que consegue manter com os seus comandados.

Os próximos meses, no entanto, não se perspectivam fáceis para José Mourinho, tal como acontecerá dentro de dias com Manuel José, já que a selecção de Angola não terá o caminho facilitado nos quartos-de-final da Taça das Nações Africanas.

Dois treinadores que, cada um à sua maneira e com problemas diferentes, não podem ser ignorados pelas incidências e «tricas» do futebol caseiro.



publicado por António Castro às 23:47
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009
Itália é um «inferno» para portugueses

O «Bidão de Ouro», prémio destinado aos futebolistas que mais desiludiram durante o ano em Itália, voltou a ter portugueses em «lugares de honra». O brasileiro Filipe de Melo, da Juventus, foi o eleito em 2009. Logo a seguir surgem os nomes de Quaresma (vencedor no ano passado) e de Tiago, também a envergar a camisola da Juve.

Tiago não tem sido regular. Vedeta e campeão pelos  franceses do Lyon, na equipa de Turim alterna, com demasiada frequência, a condição de titular com a de suplente. Entretanto, não foi esquecido por Carlos Queirós na qualificação para o Mundial 2010.

O percurso de Quaresma é menos positivo, dir-se-ia imprevisível, a ponto de José Mourinho já ter confessado que foi a pior escolha feita ao serviço do campeão italiano. Na época passada foi emprestado e no regresso teve mais oportunidades na equipa principal de Milão. Mais uma vez não se impôs nem caiu nas boas graças dos adeptos.

Por fim, José Mourinho parece ter protagonizado um incidente com uma jornalista depois do empate com o Atalanta, jogo que viu da bancada por castigo. A Federação vai investigar e o órgão da classe jornalística em Itália está a pedir severa sanção para o técnico.

Massimo Moratti, presidente do Inter, não se pronuncia sobre o assunto por falta de elementos, mas já pediu desculpa ao Corriere dello Sport.

A «Bota» não é, decididamente, um bom país para o futebol português.



publicado por António Castro às 02:25
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 18 de Junho de 2009
Egipto contraria "ranking" da FIFA

A África do Sul foi palco de contrastes nos dois jogos da Taça das Confederações.

O Brasil deu um ar da sua graça no segundo encontro do grupo, com vitória expressiva sobre a selecção norte-americana. Os canarinhos ofereceram uma imagem mais consentânea com o eterno estatuto de favoritos, e Kaká e companheiros mostraram um futebol eficaz, próximo do espectáculo.

Mais tarde, um "escândalo" foi protagonizado pelos egípcios, que por pouco tinham imposto, há dias, um empate aos canarinhos. Desta feita derrotaram os campeões do mundo. Um golo marcado antes do intervalo aos comandados de Arrigo Sachi foi suficiente para contrariar os prognósticos.

A squadra azzurra esteve longe de demonstrar o seu potencial, apesar da pressão na parte final do jogo. Nalguns lances a pontaria não foi a mais perfeita, noutros impôs-se um guarda-res (El Hadarei) em tarde de grande inspiração. Como acontece com frequência, a Itália passará uns dias intranquilos até à decisão com o Brasil.

PS - A FIFA garante que o "penalty" da derrota dos egípcios com o Brasil se ficou a dever a obervação directa do quarto árbitro. Joseph Blatter, no entanto mandou retirar das linhas laterais todas as televisões, para evitar deficientes interpretações sobre os recursos ao dispor dos auxiliares da arbitragem.



publicado por António Castro às 23:54
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008
Rui Patrício referenciado no estrangeiro

Rui Patrício, guarda-redes do Sporting, figura numa lista de 15 nomes numa sondagem do diário desportivo italiano La Gazetta dello Sport, subordinado à seguinte questão: Qual é o melhor sub-21 a jogar em campeonatos europeus?

Enquanto o leão ocupa a última posição com 0,4 % de votos, o argentino e campeão olímpico do Benfica, Di Maria, figura em quarto (2,9 %). A seguir aparece outro futebolista que actuou em Portugal, o brasileiro Andersen (1,9 %), transferido do FC Porto para o Manchester United.

De salientar a destacada liderança do argentino Aguero, do Atlético de Madrid, escolhido por 61,3 por cento dos votantes, e muito atrás aparece Bojan (14,1 %) do Barcelona, que os espanhóis tentam naturalizar para integrar a sua selecção.

Referência ainda para o inglês Walcott (10,8 %), um dos jovens lançado pelo técnico Arsène Wenger no Arsenal, afinal o único europeu entre os cinco primeiros. Confirma-se a apetência dos clubes europeus por futebolistas sul-americanos, de preferência jovens.

Alex Fergusson admitiu, há dias, ser difícil dirigir uma equipa como o Manchester United, com jogadores de 17 nacionalidades. Está tudo dito.

Quanto a Rui Patrício, creio já ser motivo de orgulho aparecer numa lista elaborada pela imprensa italiana. Constitui um indicativo que alguém está atento às suas qualidades.



publicado por António Castro às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Vitória sobre Itália anim...

Balotelli salva Itália

Inter: único visitante ap...

RAI oculta erros da arbit...

Mourinho persegue Chelsea...

Os «Josés» (Mourinho e Ma...

Itália é um «inferno» pa...

Egipto contraria "ranking...

Rui Patrício referenciado...

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512