Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2011
Selecção andava tão bem...

Qual o facto concreto que levou Ricardo Carvalho a abandonar intempestivamente o estágio da selecção nacional?

Vaidade excessiva de um jogador convocado para integrar o plantel e não para ser titular no encontro em Chipre.

O habitual rigor de Paulo Bento na gestão do grupo de trabalho, não atendendo a nomes, antes inflexível nas suas decisões quando entende serem as melhores para a concretização dos objectivos.

Desconhecer as razões que conduziram a um acontecimento impensável impede mais comentários.

Uma coisa, para já, é impossível aceitar. Amândio de Carvalho, vice-presidente da FPF e o dirigente responsável pela selecção, não podia, à partida para Chipre, sorrir e revelar desconhecimento total sobre as razões relativas a um assunto merecedor de imediata investigação.

Não será por acaso que de imediato se recordou Saltillo (México).



publicado por António Castro às 22:22
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 30 de Agosto de 2011
Alvalade bate recorde

E vão dezasseis! O Sporting, em desespero de causa e de tempo, anunciou a aquisição mais cara de sempre do clube (8,8 milhões de euros) ao Atlético de Madrid. Na véspera do fecho das transferências, o presidente Godinho Lopes, enquanto actualiza o balanço das arbitragens que entende penalizadoras dos leões, sanciona a 16.ª aquisição da época, o brasileiro Elias - mais um estrangeiro - há dias andou nas bocas do mundo por ter marcado dois dos quatro golos da vitória do Atlético de Madrid ao Guimarães.

Admite-se que esta contratação teve a concordância de Domingos Paciência, mas reconheça-se que o treinador terá mais um problema para resolver no abastado banco de suplentes. Não lhe falta gente, mas melhor qualidade do que na época finda é que não se vislumbra.

Incompreensível, entretanto, que já decorridas três jornadas da Liga seja contratado um jogador tão dispendioso, embora se compreenda que os colchoneros aguardassem pela compra de Falcão e uma decisão sobre a continuidade de Sálvio.

Se o Atlético não podia ter mais extracomunitários e o brasileiro já está impedido de actuar esta temporada na Liga Europa, só a aflição sportinguista explica o excessivo preço da transferência.

Os dirigentes terão as suas razões para justificar este surpreendente negócio.



publicado por António Castro às 23:46
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011
"Radar" de Cardozo funciona na Choupana

Mais uma vez o campo do Nacional obrigou à interrupção de uma partida na Madeira. Duas vezes teve o árbitro do jogo com o Benfica de combinar com os capitães das duas equipas paragens, aos 12 e 27 minutos, por falta de visibilidade durante alguns minutos de cada vez. Depois da primeira pausa o "radar" de Oscar Cardozo entrou em funcionamento e, a passe de Gaitán, marcou o golo decisivo. É certo que Bruno César transmitiu ao resultado um expressão mais de acordo com o desenrolar do jogo, mas nessa altura (90+5) já os nacionalistas tinham perdido as ilusões, numa caminhada para a baliza de Elisson livre de adversários e de... nevoeiro.

Jorge Jesus considerou que o Benfica «tem feito um princípio de época muito bom», mas o facto marcante deste jogo residiu na hipótese de, pelo menos, não perder pontos para O FC Porto (adiou compromisso devido à Supertaça).

Os encarnados ficaram na companhia do Sporting de Braga, vencedor em Setúbal, novamente em lance inspirado de Hélder Barbosa, quando estavam passados 80 minutos de um despique intenso, mas no qual se tornou evidente certa melhoria dos minhotos orientados por Leonardo Jardim.

Falar em lideranças a prazo parece prematuro. Importa aguardar por mais algumas semanas até ver para que lado pende a balança.  

 



publicado por António Castro às 23:48
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 28 de Agosto de 2011
Alvalade entra em pânico

Domingos começa a estar sem Paciência para as exibições e maus resultados do Sporting. Naturalmente, terá a sua quota parte de responsabilidade nesta situação, pois ainda não conseguiu encontrar a forma de extrair melhor rendimento dos jogadores. Curioso, entretanto, que o ex-treinador finalista da Liga Europa pelo Sporting de Braga utilize a maioria dos elementos que já se encontravam no clube, e as aquisições ficam a aboborar no banco.

Das duas uma: ou o treinador tenta incutir estabilidade sem imediatas mudanças, ou essas esperanças de reforço ainda não o convenceram para o lugar de titulares, facto que não deixa também de ser grave para outros responsáveis do departamento de futebol.

O Marítimo entrou em Alvalade sem complexos - agora praticamente todas as equipas da Liga defrontam o Sporting de igual para igual - impôs a sua lei  a partir do momento em que Rafael Miranda respondeu ao primeiro tento de Ismailov. E acabou o desafio, depois de consentir novo empate (2-2), mais uma vez em vantagem na sequência de mais um canto e intervenção de cabeça de Baba.

O Sporting só tem dois dias para encontrar soluções fora de Alvalade, o que, pelos vistos, não conseguiu em dois meses. Se nada acontecer e Domingos Paciência não tiver soluções para "lavar" a cabeça dos jogadores, a revolução prometida pelos dirigentes será um flop.

 



publicado por António Castro às 23:36
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 27 de Agosto de 2011
Benfica com adversário de luxo na Europa

Os sorteios das duas competições europeias, realizados no Mónaco, capital do futebol do continente durante dois dias, já que o Principado foi também palco do embate entre o Barcelona e o FC Porto (Supertaça) ditaram mais dificuldades e menos novidades, embora haja alguns adversários estreantes para as equipas portuguesas.

A Luz terá, na Liga dos Campeões, um visitante de luxo chamado Manchester United, do qual se dispensam adjectivos de qualidade, tal como de competência ao treinador Alex Fergusson. Basileia (Suíça) e Otelul Galati (Roménia), este estreante nestas andanças, completam o lote de adversários do Benfica, que Jorge de Jesus não pode menosprezar para continuar em prova.

Da tarefa do FC Porto ressalta sobremaneira as duas longas viagens que terá de fazer ao Leste da Europa. Shakhtar (Ucrânia), Zenit (Rússia) e Apoel Nicósia (Chipre) começaram a aparecer nos últimos anos, e os ucranianos com prestações assinaláveis. Nada que o treinador Vítor Pereira não conheça, com a curiosidade de no clube russo actuar o ex-jogador portista Bruno Alves. O palmarés dos dragões nos últimos anos oferece boas garantias de superar qualquer obstáculo, desde que não surjam inesperadas oscilações.

O Sporting de Braga tem algo a defender - a presença na final da Liga Europa da época passada - e Leonardo Jardim encontrará equipas de pouca história europeia. Club Brugge (Bélgica), Birmingham (Inglaterra) e Maribor (Eslovénia) não parecem intransponíveis, mas não estarão dispostos a serem apenas figurantes.

Do Sporting actual pouco haverá a esperar, face às dificuldades do princípio da época. Lazio (Itália) e Zurique (Suíça) podem discutir em pé de igualdade com aos debilitados leões, e o Vaslui (Roménia) constitui uma incógnita.

Que não se esbanjem de imediato mais pontos do ranking que tanto custaram a amealhar na temporada passada.

 



publicado por António Castro às 20:39
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011
FC Porto "assusta" Barcelona

O FC Porto, apesar de sair derrotado do Mónaco, provou existir antídoto para o tiki-taka do Barcelona. A Supertaça europeia mostrou que o estreante treinador do Dragão encontrou uma das formas para "amarrar" os catalães de Pep Guardiola a um futebol pastoso, de passes falhados e quase nula capacidade ofensiva. Situação que durou cerca de 39 minutos por infelicidade de Guarin ao atrasar a bola para a defesa e não ter visto a proximidade de Messi. Liberto de adversários, o argentino não deu hipóteses a Helton de compensar o erro do companheiro.

Pode especular-se agora sobre o desenrolar do encontro sem este "pequeno" detalhe, mas uma coisa é certa: o treinador do Barça denotava demasiada preocupação com o que se passava em campo, pois o adiantamento da defesa portista e o espírito de entreajuda dos companheiros manietava toda a manobra dos campeões da Europa.

Os vencedores de Dublin não oscilaram demasiado, embora se reconheça que, gradualmente, os barcelonistas se libertaram daquela "grilheta" montada por Vítor Pereira. Depois surgiu o polémico lance da grande penalidade sobre Guarin (80 m), e a recusa do árbitro em assinalar a respectiva falta retirou serenidade aos portugueses, como prova a expulsão de Rolando.

Dois golos constituem pesado castigo para a maneira como o campeão nacional enfrentou a reconhecida, por unânimidade, a melhor equipa do mundo.

Compensação para a negra jornada europeia da  véspera. 



publicado por António Castro às 23:08
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011
Sonho acaba em pesadelo para dois

Como previramos há dias, a presença das quatro equipas no play-off da Liga Europa foi decepcionante. Pelo caminho ficaram duas com derrotas contundentes para quem pensava que poderia alterar a imagem de inferioridade transmitida dias antes.

Se alguém tinha esperança que o Guimarães poderia superar os dois golos de desvantagem trazidos de Vicente Calderón, cedo teve de render-se à realidade. O Atlético de Madrid marcou logo no primeiro minuto e estava decidida a eliminatória. Manuel Machado e os jogadores vimaranenses ficaram siderados e a equipa nunca mais se encontrou. Pelo contrário, afundou-se de maneira a sofrer quatro golos.

O Nacional confirmou em Inglaterra que o empate a zero na Madeira não oferecia grande margem de manobra. O Birmingham, sem dificuldade, foi aumentando a diferença até aos três tentos.

Leonardo Jardim foi o único técnico que apresentou argumentos para contrariar o favoritismo dos suíços do Young Boys depois do empate a zero em Braga. Conseguiu-o através dos golos marcados fora (2-2), mas os bracarenses continuaram a demonstrar a raça que os conduziu, na época passada, à portuguesa (FC Porto) final da prova em Dublin.

O Sporting continua sem encontraro rumo certo, situação complicada para Domingos Paciência, que já viveu momentos felizes na curta carreira de treinador. Os leões acompanham o Braga na fase de grupos, mas não sentiram menos problemas do que há um ano perante os mesmos modestos adversários dinamarqueses.

Começa a desenhar-se a queda no ranking europeu, pondo em causa o brilhante comportamento de 2010/2011.

 



publicado por António Castro às 23:29
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011
Confiança passou pela Luz

O Benfica, finalmente, conseguiu uma exibição merecedora de elogios. É evidente que nem tudo  foram rosas e levou algum tempo a eliminar os próprios espinhos. Durante toda a partida ditou as leis do jogo através de uma velocidade que andava afastada da manobra dos jogadores e do talento há muito divorciado de Aimar. Se essa supremacia sobre o Twente foi constante na defesa e menos evidente no meio-campo, andou arredia demasiado tempo na finalização.

Durante 45 minutos, em muitas ocasiões o mais fácil parecia meter abola na baliza dos holandeses, mas os benfiquistas, não mostraram clarividência em momentos decisivos, ora por sofreguidão de algumas unidades, com um companheiro ao lado em melhor posição para ter êxito no remate.

Neste aspecto foi diferente a segunda parte, mas apenas a partir do minuto em que Luisão aproveitou o adiantamento de Witsel e este, em habilidade, abriu o marcador. Os portugueses descomprimiram-se, pois o empate (2-2) de Enschede dava certa segurança, e tudo foi mais fácil, através de uma intervenção de cabeça de Luisão, e de novo por Witsel.

Jorge Jesus não consegue conter-se nestes bons momentos, pelo que considerou a melhor exibição da época e distribuiu elogios por todos os jogadores. Agora importa confirmar se a excelente jornada da Luz foi a excepção ou será a partir de agora uma constante, e reconhecer que a equipa de Co Adriaanse não faz parte da elite do futebol europeu. O futuro na fase de grupos da Liga dos Campeões poderá ser bem mais complicado.

Certos estão os cerca de sete milhões de euros que entram nos clube e a perspectiva de mais, caso o sorteio seja benévolo e haja possibilidades de manter o ritmo.



publicado por António Castro às 23:37
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 23 de Agosto de 2011
Da inocência às exigências

A "inocência" de Vítor Pereira - presidente da arbitragem na Liga e não o treinador do FC Porto - e as exigências de árbitros, apenas dispostos a arbitrar jogos do Sporting se Godinho Lopes pedir desculpa por afirmações sobre o comportamento de João Ferreira, só podem acontecer neste país.

O dirigente que supostamente coordena a acção dos elementos agora tão subitamente agitados, considerou que o «impasse poderia ser evitado.» Por quem? Logicamente pelo ex-árbitro Vítor Pereira, ou só tinha duas alternativas: demitir-se ou ser suspenso das funções.

Numa reunião de árbitros realizada ontem em Leiria, a maioria exigiu um pedido de desculpas ao Sporting. Excelente proposta desde que tivesse como contrapartida semelhante atitude dos homens do apito perante os clubes que foram prejudicados somente esta época por equívocos (?) de arbitragem.

Mais caricato ainda é o facto da Comissão Disciplinar da Liga apenas agora instaurar um inquérito ao árbitro faltoso - porque não a todos? - e ao presidente do Sporting, passados tantas horas sobre o conhecimento do boicote a Alvalade.

Depois disto, vejam se conseguem provar não haver decisões suspeitas de pouca transparência.



publicado por António Castro às 23:32
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011
APAF mete a cabeça na areia

Exemplar! O presidente da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol), quando todos apelam ao diálogo para se reduzir o "ruído" sobre as arbitragens, faz precisamente o contrário ao afirmar: «Há clubes que pretendem ter privilégios que outros não têm.»

Luís Guilherme, entretanto, rejeita a atitude de João Ferreira, embora declare que o árbitro terá razões para tomar semelhante atitude, mas não emite uma opinião sobre todos os outros que resolveram solidarizar-se com o companheiro, mas apenas para o jogo de Alvalade. Não tiveram coragem de assumir uma greve de protesto legalizada, pois esta época já muitos dirigentes, treinadores e jogadores teceram críticas a certas decisões em diversos jogos.

Afinal, que pretende Luís Guilherme? Que continuem a analisar-se negativamente, se for caso disso, a acção dos dirigentes, os processos de trabalho e estratégias dos técnicos, as exibições dos jogadores, e os lapsos dos árbitros sejam silenciados?

Nem no tempo da outra senhora isso acontecia no futebol, quanto mais impor a lei da rolha no século XXI.

O corporativismo da APAF não é solução para o problema. Assemelha-se à atitude da avestruz... 

 



publicado por António Castro às 23:27
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 21 de Agosto de 2011
Sporting a penar "forever"

Tanto alarido se fez com as contratações - umas a troco de de alguns milhões de euros e outras a preço de saldo - e o Sporting parece pior do que no termo da época passada.

A dupla considerada de sucesso Luís Duque/Carlos Freitas não terá sido feliz na escolha dos jogadores que colocou à disposição de Domingos Paciência, e alguns dos dispensados não faziam pior que os substitutos.

Aveiro demonstrou duas coisas: não são as arbitragens que fazem do Sporting uma equipa banal; os jogadores respeitaram mais um árbitro dos Distritais do que os conceituados - e bem remunerados - sob tutela da Liga. Criou-se um ambiente de tolerância por parte dos jogadores das duas equipas que facilitou a vida ao aveirense Fernando Martins, cujo trabalhou mereceu elogios pouco vulgares.

Ainda a propósito desta situação originada pela atitude de João Ferreira, a provocar autêntica greve sem cumprir os preceitos legais, espera-se que a Liga e o presidente da respectiva comissão de arbitragem, sempre tão apressado em defesa dos seus "subordinados", tenha agora a coragem de os punir severamente, e não arranjar atenuantes sem fundamente. A solidariedade não obriga a estas palhaçadas.

Quanto ao embate entre Beira Mar e Sporting, a conquista de um ponto acaba por ser um exagero.

Até certa altura Rui Bento pareceu apostado numa estratégia para vencer e acabou, mesmo perante a inoperância do adversário, por segurar o empate.

Os futebolistas de Alvalade ou mostram que valem mais ou obrigam o clube a pensar em nova gente antes  do final do mês. Caso contrário, Godinho Lopes terá um mandato, agora por falhanço nos investimentos, tão agitado como o de José Eduardo Bettencourt.

E os adeptos sofrerão forever.

 



publicado por António Castro às 23:15
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 20 de Agosto de 2011
Luz volta a sofrer

À segunda, os encarnados conseguiram os três pontos e não deram "prenda" ao FC Porto, tenham sofrido quase tanto como há oito dias, no empate em Barcelos.

Na Luz, perante o Feirense, tudo parecia bem encaminhado quando Nolito (14 m), o goleador de serviço neste início de temporada, abriu o marcador.

Seguiu-se, no entanto, um período de "seca", pela determinação dos homens da Santa Maria da Feira e por algum desperdício dos avançados da casa, e Rabiola (53 ) empatou.

Os adeptos agitaram-se nas bancadas, Jorge Jesus começou a dar sinais de nervosismo e, para cúmulo, os jogadores entraram em perfeito desnorte, desde a defesa - excepção ao guarda-redes Artur - ao meio-campo e ataque.

O treinador da águia viu os seus planos estragados, pois tinha pensado, como confessou mais tarde, poupar alguns jogadores e, afinal, obrigou os que estavam no relvado a maior pressão sobre o adversário.

Desta vez surtiu efeito graças a Cardozo  (75 ), agora o mal-amado dos benfiquistas da bancada, e de Bruno César (90+1).

Desde a época passada que a fadiga é um dos argumentos quando a equipa não carbura à medida do desejado. Os elementos do grupo técnico liderado por Jorge Jesus não podem andar uma época a repisar nesse tema. Mudar de processos de trabalho talvez seja mais racional.



publicado por António Castro às 23:29
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011
Dragão na fase dos mínimos

FC Porto fez o pleno à segunda jornada. A equipa, já sem Facão, continua à procura de uma toada mais consistente. Aquilo que produziu - com ou sem erros da arbitragem - foi suficiente para levar de vencida um Gil Vicente que tinha imposto um empate ao Benfica.

Agora, os barcelenses jogaram no Dragão, onde se esperava sentissem mais dificuldades do que no seu estádio, mas os jogadores treinados por Paulo Alves voltaram a deixar boa impressão.

Precisamente o contrário do vencedor. O ténico Vítor Pereira, além de evitar abordar a ausência do colombiano transferido para o Atlético de Madrid, confia que os resultados serão um tónico para os jogadores e, consequentemente, para a subida de rendimento da equipa.

Se chegará para levar de vencida o Barcelona na Supertaça Europeia, só mais tarde se saberá. Muitos outros tentam desesperadamente contraraiar a supremacia do conjunto de Pep Guardiola e só esporadicamente o conseguem, pelo que não se pode exigir o impossível ao estreante treinador dos dragões.

Nessa  altura ficará a ter-se uma ideia se apenas poderá apostar na guerra do «umbigo» de Jorge Jesus, ou tem argumentos para as batalhas europeias, entre as quais sobressai a Liga dos Campeões.



publicado por António Castro às 23:30
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011
Portugueses abanam na Liga Europa

"Leões sem poder de fogo na Dinamarca"

 

"Braga estilhaçado complica campanha europeia"

 

"João Paulo abriu as portas da baliza do Guimarães a Elias"

 

"Acabou tudo como tinha começado entre Nacional e Birmingham"

 

 

Assim titula o site Maisfutebol os jogos das equipas portuguesas na primeira eliminatória do play-off da Liga Europa. Por isso não se entende bem o optimismo da maioria dos treinadores no apuramento, incluindo os responsáveis das equipas que cederam empates a zero em casa. Ivo Vieira, Leonardo Jardim, Domingos Paciência também, embora se tivesse deslocado ao terreno do adversário, e o derrotado Manuel Machado devem estar mais que preocupados, no mínimo alarmados, e não criarem falsas expectativa nos adeptos dos respectivos emblemas.

Reconheça-se sem tibiezas. Esta jornada foi um "desastre" para o o futebol português, embora tenhamos de aceitar que alguém se vai safar. No entanto, a imagem transmitida em nada é prestigiante face às capacidades da maioria dos adversários. Para alcançar estes resultados não se torna necessário importar tantos estrangeiros.



publicado por António Castro às 23:56
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2011
Ricardo em nova aventura

Montijo, Boavista, Sporting, Bétis de Sevilha, Leicester, presenças no Europeu 2004 e Mundial 2006 e 79 internacionalizações. Este é o currículo do guarda-redes Ricardo que, aos 35 anos, nos últimos dos quais não foi especialmente feliz, resolvei continuar a carreira ao serviço do Vitória de Setúbal.

Começou a jogar como profissional no Montijo e viveu o seu melhor período no Boavista com a conquista de um campeonato e uma Taça de Portugal. Contratado pelo Sporting em 2003, manteve-se em Alvalade até 2007, fase em que o seu nome esteve na ribalta, em especial pela defesa e marcação de grandes penalidades no Europeu em que Portugal perdeu o título para a República Checa.

As presenças em Espanha e, em especial, no Leicester, não foram totalmente conseguidas e o banco de suplentes passou inesperadamente a ser demasiadas vezes o seu lugar, nada condizente com o passado.

A Ricardo compete gerir a carreira, mas seria muito agradável que a sua passagem pelo futebol fosse essencialmente lembrada pelas situações agradáveis. O guarda-redes merece sair de Setúbal com uma imagem mais positiva e, para isso, não poderá esticar muito a corda da idade. Que seja feliz.



publicado por António Castro às 20:48
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Final triste de um jogo d...

José Mourinho dá lições e...

Vitória sobre Itália anim...

Génio de CR7 salva selecç...

Benfica termina com tabu

"Saco de gatos" no Sporti...

Barcelona portentoso

Vergonha no futebol portu...

Chefe, Sempre

Casillas e o... Natal

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512