Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»
Sexta-feira, 31 de Julho de 2009
Cristiano: dilema para Fergusson e Pellegrini

O FC Porto oscilou no momento errado. Se os resultados dos jogos de preparação - mais do que as exibições - prenunciavam que Jesualdo Ferreira estava em vias de conseguir, após tantas alterações no plantel, estabilizar os princípios de segurança e eficácia da época passada, o confronto com os ingleses colocou algumas dúvidas. Legítimas, se atendermos a que - ao contrário do que já acontece em alguns países - o campeonato não começou, com especial prejuízo para as equipa a participar já nas provas europeias.

Se o FC Porto, apesar de enfrentar o Aston Villa, era favorito a comparecer na final da Peace Cup, do Real Madrid esperava-se que, finalmente, algumas das suas vedetas - Kaká, entre outros, ainda estão atrasados na preparação, devido às férias - mostrassem algo de mais positivo do que se viu até aqui.

Do lado contrário não estava um conjunto qualquer, mas um embate com a Juventus exigia exibição mais convincente. Os merengues, no entanto, deixaram-se surpreender por dois lances de bola parada - o quinto desde o início da época - e responderam com um penalty que Cristiano Ronaldo proporcionou num passe ao «patrão» Raúl e transformou em golo.

Depois do jogo recordei as palavras proferidas horas antes por Alex Fergusson sobre o português: «Obviamente que Cristiano Ronaldo foi grande perda no que respeita a golos. Vamos ter de encontrar soluções e a nossa táctica vai ajustar-se".

Provavelmente será isso que Manuel Pellegrini deverá fazer no Madrid, mas em sentido inverso. Isto é: definir a manobra da equipa, quando se trata da caminhar para a baliza adversária, em função das principais características de Cristiano Ronaldo.



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 30 de Julho de 2009
João Evangelista «embirra» com Liedson

A naturalização de Liedson e a possibilidade de ser integrado nas convocatórias de Carlos Queirós para os futuros compromissos da selecção estão a provocar reacção inesperada do presidente do Sindicato dos Jogadores.

João Evangelista propõe-se ter uma conversa com o presidente da federação e o seleccionador nacional para expressar uma «posição de repúdio» pela naturalização do avançado sportinguista.

Deco e Pepe, brasileiros que representaram Portugal, não mereceram este nível de contestação por parte do dirigente sindical, pelo que perdeu  qualquer legitimidade para colocar agora o problema nestes termos.

Por outro lado, tem assistido, quase impávido e sereno, à contratação massiva de jogadores estrangeiros pela maioria dos clubes, ao ponto de ainda há dias uma das equipas mais credenciadas ter alinhado de início sem qualquer português.

Será que esta realidade não «coloca em risco» o futuro do futebol português, mas apenas o simples caso de Liedson que, tal como o de Deco e Pepe, não são inéditos no nosso país?

João Evangelista já não tem agora moral para abordar este assunto, e a manter semelhante procedimento no caso dos salários em atraso, deverá ceder o lugar a alguém que defenda princípios mais realistas e coerentes.



publicado por António Castro às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 29 de Julho de 2009
David Sequerra esquecido pela FPF

O CNID - depois do 25 de Abril denominada Associação de Jornalistas do Desporto -  pois no tempo da ditadura o regime político obrigou a designar-se por clube - divulgou o nome dos seus premiados de 2009 e homenageou figuras que se destacaram no jornalismo do desporto.

Na pessoa de António Florêncio, presidente do da associação, importa elogiar a decisão de atribuir o Prémio Prestígio Fernando Soromenho a David Sequerra, que conseguiu conciliar duas actividades profissionais tornando-se numa referência como jornalista.

Uma homenagem merecida, mas que peca por insuficiente, não por culpa do CNID, mas pela memória curta dos homens que dirigem o futebol nacional.

Apesar de referido que David Sequerra, na qualidade de seleccionador, e apoiado na capacidade do saudoso técnico José Maria Pedroto, ter contribuído para uma vitória no Campeonato da Europa de Juniores realizado em Portugal (1961), fruto de uma entrega  desinteressada ao futebol jovem, muita coisa ficou por dizer. Desenvolveu essa generosa actividade numa época difícil, em que os meios, tanto logísticos como técnicos, eram deficientes, e contribuí para que os seus sucessores tivessem um caminho mais desbravado e se arvorassem nos únicos responsáveis pelos êxitos posteriores do futebol jovem, esquecidos que David Sequerra teve acção preponderante alguns anos mais tarde (1968/70).

Impor referir que esses êxitos não seriam possíveis sem o trabalho desenvolvido pelos clubes, pelo que aos elementos ligados à federação coube um trabalho de prospecção e organização.da equipas.

E David Sequerra, até pelas maiores dificuldades, não deve ser esquecido pela entidade que, se não tem memória, dispõe de muita documentação para a recuperar.



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 28 de Julho de 2009
Samuel Eto'o marca a diferença

A apresentação aos adeptos das novas aquisições tornou-se num acto repetitivo na Europa nesta época do ano, embora sempre presenciado por alguns milhares de adeptos, com maior ou menor espectáculo em função das credenciais do futebolista.

Samuel Eto'o, fazendo jus ao seu temperamento, acabou por apimentar uma cerimónia já banal, por repetitiva.

O camaronês, transferido do Barcelona para o Inter - percurso inverso, embora interligado, ao do sueco Ibrahimovic - ao ser apresentado a cerca de dez mil adeptos italianos, proporcionou um motivo diferente para os jornalistas explorarem.

Recebeu a camisola mas não beijou o emblema do clube, atitude que contrastou com a do sueco em Cam Nou, e deu origem à grande especulação do dia.

Samuel Eto'o evitou fazer comparações com Zlatan Ibrahimovic e esclareceu a sua atitude: «O afecto do público não se pode inventar e prefiro responder em campo. Tenho que conquistar a sua confiança durante os jogos.»

A acreditar na sinceridade de Eto'o é de registar o seu procedimento. Demonstrou não cultivar um discurso hipócrita, tantas vezes ouvido nos últimos tempos, como o do «amor de nascença» ao novo clube, sempre «um dos melhores do mundo».

  



publicado por António Castro às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
Laporta imita Florentino

O Barcelona também embarcou na carruagem dos... euros. Consumada a passagem do sueco Ibrahimovic de Milão para Barcelona e, como contrapartida, do camaronês Eto'o da capital da Catalunha para o clube de José Mourinho, assistiu-se a mais uma transferência milionária no futebol.

Neste caso com contornos menos definidos, pois é incerto o valor atribuído ao africano e os italianos ainda recebem, por empréstimo de um ano, apenas com pagamento de 70 por cento do salário, o bielorusso Alexandr Helb.

Desta feita não se ouviram as críticas do presidente da UEFA Michel Platini à inflação do mercado por parte de Joan Laporta, incapaz de resistir à política de Florentino Pérez.

A antiga vedeta francesa não tem moral, como ex-futebolista de elite muito bem pago na sua época, para abordar esta questão nos termos de há dias, quando do «ataque» do Real Madrid a Kaká e Cristiano Ronaldo, e pressente alguma dificuldade em defender restrições numa altura em que o capitalismo multiplica a ritmo assustador os seus tentáculos.

Só uma revolução inesperada pode alterar este panorama, e nunca começará pelo futebol.



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 26 de Julho de 2009
Jorge Jesus reaviva alma do Benfica

«O primeiro milho é dos pardais», diz a sabedoria popular. No futebol, os bons e maus resultados no período definido como pré-época também não podem ser considerados como uma realidade absoluta, tanto mais que, normalmente, o rendimento das equipas e os resultados primam pela irregularidade. 

Algumas ilações podem retirar-se nesta fase, e uma delas, servindo-nos do humor, é que há «pardais» com o papo mais cheio do que outros, o que já é uma vantagem.

Ninguém pode prever o futuro próximo da equipa do Benfica, mas seria cegueira clubística negar que apresenta uma «alma» diferente.

Fruto da profunda renovação do plantel e também da maneira de trabalhar do novo treinador. Jorge Jesus é, numa primeira análise, um dos responsáveis pela euforia que começa a invadir os adeptos da Luz.

Neste momento, e sem fazer comparações com os rivais, porventura em diferentes níveis de preparação, os benfiquistas tem-se mostrado melhores do que na época transacta.

Este é a imagem que os sucessivos jogos e exibições tem revelado.

Resta esperar pelos próximos tempos, até a poeira assentar em todos os relvados, para avaliar com mais precisão se o futebol português entrará em novo ciclo no que respeita a correlação de forças. 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 25 de Julho de 2009
Clubes aderem a autêntica Feira da Ladra

Feira da Ladra é conhecida como uma "feira popular lisboeta onde se transaccionam velharias e objectos usados", desde o Século XIII.

No futebol, está no auge a feira das transferências a nível mundial, onde se negoceiam futebolistas usados, dos quais os vendedores tecem os maiores elogios às qualidades dos «produtos» independentemente da idade, e os compradores acabam por enaltecer o valor da mercadoria em comparação com os negócios feitos pelos concorrentes.

No início da temporada, o mercado foi agitado pelo regresso de Florentino Pérez ao Real Madrid e a aquisição de Kaká, Cristiano Ronaldo e Benzema, enviando para Milão, Manchester e Lyon quantidades de euros que chegaram a escandalizar os mais puritanos.

O presidente do Barcelona parecia imune a esta onda especulativa, mas constata-se agora tratar-se de uma estratégia. De repente, sabe-se que Zlatan Ibrahimovic, o «fiel» sueco do Inter, não consegue resistir à vontade de mudança e de juntar ao currículo um título europeu, e aceita a proposta do catalão Joan Laporta, que além de milhões de euros deixa sair Samuel Eto'o, depois de criticar os anteriores milionários negócios. Concluída a transacção por Massimo Moratti, entra em cena o seu técnico, que por acaso é português, a enaltecer a excelência do negócio desta sui-generis Feira da Ladra.

Aguardemos pelo que dará toda esta trapa...lhada.  



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 24 de Julho de 2009
Alvalade deve corrigir a mira

O Benfica soma aquisições, acumula vitórias, e Jorge Jesus segue de vento em popa.

Tal como aconteceu no ano passado, do FC Porto de Jesualdo Ferreira, por enquanto a delegar as palavras no adjunto, pouco se fala, pois as notícias mais sonantes respeitaram ao encaixe financeiro com as transferências de Lucho, Lizandro e Cissokho.

As gentes do Sporting estão expectantes. Por um lado, a equipa, além de não conseguir vitórias, não transmite uma imagem de melhoria que, no mínimo, deveria já pressentir-se. As contratações, condicionadas à política financeira definida pelos responsáveis, chegam a conta-gotas e não criam grande alvoroço. O novo presidente de Alvalade insurge-se agora contra o facto de os adeptos estarem mais atentos ao que se passa do outro lado da Segunda Circular, e considera que o "principal adversário é o FC Porto", de novo campeão quatro vezes consecutivas e a trabalhar para o penta.

José Eduardo Bettencourt pretende que o alvo a abater está em cima e não em baixo (o Benfica foi o terceiro classificado).

Sem contestar a sua visão do problema, talvez fosse conveniente para os leões ter uma visão global da situação, pois poderá surgir, este ano, um duplo «perigo».



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 23 de Julho de 2009
Europa está a "acelerar"

O Paços de Ferreira cumpriu, com certa dificuldade, reconheça-se, a missão na sua estreia em competições europeias, agora na prova designada por Liga Europa. A equipa da Moldávia (Zimbu Chinisau) não revelou grandes qualidades, mas os pacenses também não se mostraram especialmente inspirados.

O apuramento acabou por se concretizar a seis minutos do fim, graças a Cristiano. Jogador que ao entrar em campo foi muito assobiado pelos adeptos (chegou atrasado no início da preparação sem apresentar razões) e saiu sob grandes aplausos devido ao golo que ditou a passagem da eliminatória.

Dentro de dias, o clube da capital do móvel enfrentará um adversário israelita, e tanto o Sporting como o Sporting de Braga também estão prestes a entrar em acção, os lisboetas na pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

As perspectivas de Portugal aumentar os pontos para subir no ranking na próxima temporada não são muito animadoras, a avaliar pelo comportamento de algumas equipas nos encontros de preparação.

O momento, no entanto, deve ser de esperança, pois há tempo suficiente para digerir as desilusões. 

 

 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 22 de Julho de 2009
Que faz correr Eriksson?

A vida de treinador não é fácil. O sueco Sven-Goran Eriksson que o diga. O antigo responsável do Benfica, onde chegou depois de vencer a Taça UEFA com o IFK Gotemburgo, em 1982, e logo conquistou o título português. Depois fixou-se em Itália, à frente da Roma, Fiorentina, Lazio (Taça das Taças), mas nos últimos anos, tem acumulado desaires.

Além da vida familiar ter feito sucessivas manchetes nos tablóides ingleses, ao fim de alguns anos (2001/2006) na selecção inglesa foi despedido por ter falhado no Mundial 2006.

O Manchester City  apenas durante alguns meses confiou num técnico que durante anos foi considerado um dos melhores, e a situação repetiu-se na breve passagem pelo seleccionado do México.

Eriksson só não entrou no esquecimento dos portugueses porque começaram a aparecer notícias que o davam como uma das escolhas (seria a sua terceira presença na Luz) de um candidato às recentes eleições e por se garantir que a sua vivenda na linha do Estoril se encontrava à venda.

Finalmente volta à ribalta, agora por aceitar o cargo de director desportivo do clube mais antigo da Inglaterra, o Notts County, participante num campeonato correspondente à III Divisão portuguesa.

O treinador de 61 anos, que parece tão apaixonado pelo futebol inglês como José Mourinho, sujeitou-se a aceitar um cargo que seria recusado por outros do seu nível.

O cidadão nórdico de 61 anos tomou uma resolução que coloca várias perguntas. Precisa de dinheiro? É um apaixonado pelo futebol? Considera prematuro entrar na reforma? Foi seduzido pelo projecto dos novos patrões do clube fundado em 1862?

 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 21 de Julho de 2009
Bento e Jesus: estados de alma diferentes

Paulo Bento, um «veterano» á frente do Sporting, e Jorge Jesus, a viver experiência no Benfica que há muito ambicionava, estão a ter vivências diferentes na pré-época.

O leão, que há anos passou dos juniores a responsável pela equipa principal com um percurso positivo, embora esteja agora a contas com a pressão de ainda não ter quebrado a hegemonia do FC Porto, está passar por maiores dificuldades do que no passado recente. As vitórias não surgem, os jogadores mantêm um rendimento irregular e a política financeira do clube ainda não permitiu mais do que duas contratações.

Jorge de Jesus está a passar por um momento de euforia. De temperamento mais expansivo, com trabalho elogiado em Belém e em Braga, entrou no Benfica numa altura em que os dirigentes resolveram investir em jogadores e prescindir de algumas contratações que foram autênticos flops.

Mais do que os resultados, tudo isto terá oferecido aos benfiquistas nova alma, enquanto trouxe aos sportinguistas maiores preocupações.

O FC Porto continua com a política de vender caro e comprar barato, entregando a Jesualdo Ferreira a tarefa que completar, mais uma vez, um puzzle vencedor.

O tempo é de alguma incerteza e grande expectativa.  



publicado por António Castro às 23:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009
Os «juízes» da comunicação social

Não são ínéditas estas situações, a que assisti e até senti na pele quando a minha vida de jornalista se fazia mais em contacto com os clubes. Desde os velhos tempos, e apesar de não haver tantos interesses em jogo e, por isso, ser possível fazer amizades com dirigentes, treinadores e  jogadores sem o objectivo de qualquer das partes retirar dividendos, já havia  quem pretendesse encobrir os seus erros atribuindo responsabilidades aos jornalistas.

Afinal, passado tanto tempo, com uma vivência em democracia de mais de 30 anos - pelos vistos sem qualquer aprendizagem - e com leis que permitem punir eventuais erros da comunicação social, tudo piorou.

O Benfica, já com uma tradição neste tipo de atitudes - o presidente Fernando Martins também julgou defender o interesse do clube deslocando alguns jornalistas para trabalhar em locais indignos e proibindo contactos com atletas - o Sporting e o FC Porto, entre outros, repetem tempos de decisões ditatoriais.

Os dirigentes ainda não aprenderam que vivemos num século diferente, alguns mal aconselhados por indivíduos que ostentaram o título de jornalista sem terem condições para exercer a profissão, como se prova à saciedade.

Haja vergonha e respeito por opiniões divergentes. Se as considerarem ofensivas ou falsas, não se arvorem em juízes.



publicado por António Castro às 23:53
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 19 de Julho de 2009
Futebol contra proposta da FPF e da... tutela

O Governo tem propensão para «comprar» guerras. Agora acontece no desporto.

O Regime Jurídico das Federações Desportivas, elaborado pela tutela e que obriga a diversas alterações nos estatutos das diversas federações teve, indirectamente, um voto de censura do futebol.

A maioria dos sócios da Federação rejeitou, na generalidade, a proposta apresentada pela direcção. Apenas a AF Aveiro, Associação Nacional de Treinadores, Liga e Sindicato dos Jogadores totalizaram 201 votos favoráveis. Os restantes membros ( a maioria das associações distritais) votaram contra, num total de 252 votos, e registaram-se 30 abstenções.

Como se tornava necessário 75 por cento de votos favoráveis (363) para evitar a rejeição, o futebol deu uma machadada nos propósitos do secretário de Estado da Juventude e Desporto de implementar uma política comum á actividade desportiva em Portugal.

Como as novas normas deverão entrar em vigor apenas na próxima época, este será mais um assunto adiado com a desculpa do duplo período eleitoral.

Mais um assunto que ficará  na já longa lista das promessas.



publicado por António Castro às 23:55
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 18 de Julho de 2009
Sporting insiste nos mesmos defeitos

FC Porto, Sporting e Benfica mostraram, em simultâneo, os primeiros resultados de alguns dias de trabalho e as potencialidades das novas aquisições.

No Dragão e no Algarve surgiram notas positivas, com realce para os portistas, que vendem jogadores, formatam novas equipas e mantêm a dose de eficácia.

Os benfiquistas de Jorge Jesus também apresentam um resultado global positivo, embora sentissem algumas dificuldades perante um adversário que participará no escalão principal depois de muitos anos de ausência e em desvantagem no aspecto físico, pois a equipa de Jorge Costa teve menos 24 horas de recuperação. A equipa da Luz não estará a jogar o dobro do ano passado, como já adiantam certos analistas, mas parece diferente para melhor.

Dos três rivais, o Sporting foi o mais modesto em termos de aquisições e as fragilidades da época passada persistem. O público presente em Alvalade já demonstrou algum descontentamento e Paulo Bento, que reconhece os problemas, tarda em encontrar o antídoto para alterar a situação.

Só tem duas soluções: continua com os mesmos jogadores e opta por outro estilo de jogo ou exige ao presidente reforços compatíveis com as exigências dos compromissos e o legado histórico do clube. 

 



publicado por António Castro às 23:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 17 de Julho de 2009
Rio Maior está em desintegração

Mais uma baixa. A AD Rio Maior desistiu de participar na III Divisão e manter em actividade apenas os juniores.

O motivo da decisão tomada em assembleia geral tem a ver com dívidas fiscais no montante de 75 mil euros, conforme revelou o presidente da comissão administrativa, que na altura da posse herdou uma dívida total de 150 mil euros, por débitos a fornecedores e salários a em atraso a jogadores e treinadores.

João Verde Costa, ainda admitiu participar com jogadores da terra e juniores (estes efectuaram três jogos da equipa principal na época passada, a fim de evitar a descida automática) no último escalão dos Distritais, mas acentuou que tal poderá significar o «adiar da morte até Dezembro».

Aliás, o problema actual do clube é renegociar a dívida com o fisco e pagar mensalmente três mil euros, pois será a única via de manter em vigor o contrato-programa com a câmara municipal, relativo a um subsídio de 4.125 euros cada mês.

Caso não seja viável esta hipótese, a comissão administrativa agora reeleita não evitará a reversão da dívida para os dirigentes que estiveram à frente do clube desde 2004.

Este «filme» é significativo e dispensa comentários sobre o panorama actual do nosso futebol. Por agora, à Federação apenas interessa saber se Carlos Queirós aceita Liedson na selecção...

 



publicado por António Castro às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Final triste de um jogo d...

José Mourinho dá lições e...

Vitória sobre Itália anim...

Génio de CR7 salva selecç...

Benfica termina com tabu

"Saco de gatos" no Sporti...

Barcelona portentoso

Vergonha no futebol portu...

Chefe, Sempre

Casillas e o... Natal

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512