Análise das questões do desporto e, em especial do futebol, feita por António Castro, agora mais distante dos centros de decisão, ao contrário do que aconteceu durante 40 anos ao serviço do extinto «Mundo Desportivo» e do «Diário de Notícias»
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015
Final triste de um jogo decisivo de Sub-21

O encontro de Sub-21 entre Portugal e a Suécia fez cair por terra a teoria dos defensores de encontros decisivos serem efectuados à mesma hora. Com o apuramento dependente do que se passava entre alemães e italianos, a partir de certa altura tornou-se evidente que o empate era um resultado a defender.

Se até certa altura se assistiu a interessante despique entre ibéricos e nórdicos, a seguir ao golo de Gonçalo Paciência os suecos voltaram a intensificar a toada atacante, restabeleceram a igualdade e acabou o espectáculo.

Encontrados os participantes nas meias-finais e garantida a presença nos Jogos Olímpicos do Brasil, os cinco minutos derradeiros, incluindo o tempo de desconto, foram vergonhosos.

A equipa de Rui Jorge jamais ultrapassou a linha do meio-campo, com excessivos passes entre dois jogadores a pouco metros de distância e os restantes a ver. Os suecos mantiveram-se parados, apenas atentos à bola e aos adversários na outra metade do terreno.

Nem tiveram engenho para disfarçar as suas intenções, de tal maneira que o árbitro entendeu acabar com o jogo a alguns segundos de se atingir o terceiro minuto de compensação.

Que tristeza!



publicado por António Castro às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 22 de Junho de 2015
José Mourinho dá lições em Portugal

«Os treinadores são os que melhoram os seus jogadores e a suas equipas, os "destreinadores" são os que pioram os seus jogadores e as suas equipas, mas será que os "destreinadores" não têm conhecimentos?»

A questão mais interessante que José Mourinho abordou na apresentação da Pós-Graduação em Treino de Alto Rendimento, na qual vai ser docente.

No auditório da Faculdade de Motricidade Humana, o técnico explicou a sua ideia: «Acho que têm e, às vezes, até têm demais, não sabem é gerir o seu próprio conhecimento. Uma coisa é o conhecimento que está ao alcance de todos, outra coisa é a capacidade de produzir o próprio conhecimento.»

O treinador do Chelsea explicou a sua presença: «A razão pela qual aceitei o convite para leccionar no curso é porque vos quero homenagear a vós, porque os formadores são merecedores desse respeito e por isso aqui estou.»

Por fim deu já uma ideia sobre as futuras intervenções ao revelar a sua ideia sobre o perfil de um treinador moderno ao afirmar que «antes de ser um gestor de recursos humanos é um gestor dos seus próprios conhecimentos».

O Special One de há anos apresenta-se agora com outra postura. «O futebol não me tirou a capacidade de ter os pés na terra e de ser mais que os outros», concluiu.



publicado por António Castro às 23:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Terça-feira, 16 de Junho de 2015
Vitória sobre Itália anima técnico no regresso

Fernando Santos voltou ao banco com uma vitória. O bracarense Éder marcou o primeiro golo ao serviço da selecção na 18.ª internacionalizações. Portugal quebrou um jejum de vitórias em confrontos com os italianos que se prolongou desde Dezembro de 1976 (39 anos).

Aspectos meramente estatísticos, por vezes de significado relativo, tanto mais quando tudo aconteceu num encontro de particular e em que tanto Antonio Conte como Fernando Santos fizeram muitos testes para os próximos jogos de qualificação do Europeu de França. De salientar que Daniel Carriço, um produto da formação sportinguista e companheiro do guarda-redes Beto no Sevilha, se estreou na equipa nacional.

De qualquer forma, os treinadores fizeram diversas análises. O português garantiu: «Mostrámos que somos uma grande equipa». Quem diria... O italiano considerou que os seus comandados mereciam o empate, enquanto a imprensa transalpina coloca em causa a sua continuidade no comando da Squadra Azurra, pois a Itália ainda não garantiu a presença na fase final do Europeu 2016.

Especulações próprias do futebol.



publicado por António Castro às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Sábado, 13 de Junho de 2015
Génio de CR7 salva selecção sem rumo

Fernando Santos sentiu, certamente, inesperados calafrios na zona VIP do estádio de Erevan, lugar em que acompanhou o jogo devido a castigo. Os arménios deram tacticamente uma lição de futebol aos portugueses, que viveu momentos arrepiantes.

Ao seleccionador nacional esperam tempos de reflexão e profundas alterações, tanto na escolha de jogadores como na estratégia.

Os responsáveis e jogadores podem apresentar a conjugação negativa de diversos factores: a insegurança de Rui Patrício, a expulsão de Tiago e a lesão de Ricardo Carvalho. Nada disso disfarça, no entanto, a positiva exibição dos adversários.

A vitória, a primeira desde sempre sobre a Arménia, ficou a dever-se à genialidade de Cristiano Ronaldo. Três golos assinalaram a actuação quase sempre sem bola, devido às ineficazes assistências dos companheiros. Um penalty, incrível lance a aproveitar desentendimento na defesa contrária e um dos seus habituais petardos, tornaram-no no responsável pela vitória.

Aquela que Fernando Santos esperava na caminhada para campeão europeu...



publicado por António Castro às 23:36
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 11 de Junho de 2015
Benfica termina com tabu

Luís Filipe Vieira anunciou, finalmente, o substituto de Jorge Jesus. As conversações mantidas com o Vitória de Guimarães culminaram na contratação de Rui Vitória por três épocas.

O treinador de 45 anos entrará na à Luz na sequência de quatro épocas no clube minhoto, onde ganhou a Taça de Portugal em 2013, precisamente frente ao Benfica. Antes, no Paços de Ferreira, chegou à final da Taça da Liga.

A personalidade de Rui Vitória agrada aos dirigentes benfiquistas, em especial ao presidente, mas a tarefa não será fácil para o homem nascido em Alverca. Embora se anunciem contratações, o clube lisboeta entrará em período de "vacas menos gordas". A aposta no trabalho desenvolvido na formação está decidida, com o aproveitamento dos melhores valores, em contraste com uma política totalmente oposta no passado recente.

O novo treinador chega a um clube grande aos 45 anos e 14 de carreira, e nunca foi despedido nos clubes onde trabalhou.Começou por dirigir o Vilafranquense  (2002/2003), onde tinha feito grande parte da carreira de jogador. Percurso como médio que terminou aos 32 anos e aproveitou os tempos livres para se formar em Educação Física pela Faculdade de Motricidade Humana.

Passadas duas épocas treinou os juniores do Benfica e em 2006 surgiu-lhe a oportunidade de trabalhar de novo com os seniores do Fátima,onde esteve quatro temporadas com curioso percurso: subiu à II Liga, voltou a descer e repetiu a subir.

Em 2010 abrem-se as portas da I Liga no Paços Ferreira, termina em sétimo lugar e comparece na final da Taça da Liga, perdida com o Benfica. Ainda começa a temporada seguinte, mas muda-se no final para Guimarães, onde se manteve quatro temporadas. Conseguiu também o apuramento para a Europa por duas vezes.

Agora tem pela frente diferentes problemas e exigentes objectivos.



publicado por António Castro às 23:32
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 8 de Junho de 2015
"Saco de gatos" no Sporting

Alvalade não têm descanso. O presidente Bruno Carvalho desde cedo começou a agitar o ambiente. O primeiro alvo foi o treinador Marco Silva, quando os resultados não corresponderam aos do início da época. Assistia aos jogos no banco dos suplentes, festejava os golos como fazia quando incluído numa das claques leoninas, seguia para os balneários ao intervalo e no final dos jogos para dar os seus bitaites, até que o técnico entrou em ruptura com o presidente.

Agora, depois da contratação de Jorge Jesus resolveu, em Alenquer, utilizar mais algumas munições: «Uma prova de inteligência ou de burrice são os inimigos que se escolhem na vida. Este clube sofre de uma auto-mutilação crónica. Para alterarmos isso, o remédio é difícil, mas identificado: há que terminar a auditoria e responsabilizar quem se deve; nunca vergar o clube a quem se alimentou durante décadas; afastar sem hipocrisias quem se alimentou do clube e ser campeão não apenas só de vez em quando, os eternos perdedores e submissos do clube.»

Um discurso que respondia a algumas críticas e provocou outras de ex-notáveis.

«É com profundo desgosto que vejo uma linha que me parece francamente dolorosa e parece que não augura bons caminhos para o Sporting. José Roquete ainda referiu o processo de contratação de Jorge Jesus. Considera que «fica mal na fotografia»" e está preocupado com «a ausência de manifestação do treinador».

Vasco Lourenço, que chegou a dirigir a assembleia geral dos leões, não teve papas na língua: «Bruno de Carvalho é um caso de psiquiatria. Não o apoiei nas eleições e manifestei a preocupação no caso de ser eleito. Agora estava relativamente satisfeito com muitas das acções que tem desenvolvido, mas começo a temer que aquele meu receio venha a ser uma realidade.»

Dias da Cunha foi peremptório: «O presidente do Sporting, para mim, ia para o manicómio. É absolutamente inacreditável. Loucura? Primeiro, o Marco Silva é um excelente treinador e é inadmissível pôr termo ao contrato com ele. Segundo, Jorge Jesus é o quarto ou quinto treinador mais bem pago do mundo. Como é que o Sporting pode pagar aquilo que o Benfica, com uma situação financeira bastante melhor, não pode continuar a pagar?»

Meia dúzia de gatos metidos num saco não fariam mais estragos.



publicado por António Castro às 19:30
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 6 de Junho de 2015
Barcelona portentoso

Estava escrito! O Barcelona venceu a Juventus, em Berlim, graças às qualidades que o treinador Luis Enrique, que soube imitar épocas gloriosas do compatriota Pep Guardiola e, eventualmente, potenciar o tradicional futebol dos catalães. Posse de bola, partindo da defesa com certa lentidão, mas rápida mudança de velocidade no assalto à baliza do guarda-redes Buffon (único presente na distante final de 2003) estiveram na base da vitória no Olímpico de Berlim.

Os italianos saíram do relvado com uma exibição personalizada, ao estilo implementado pelo técnico Massimiliano Alegri. Notório, no entanto, que as suas principais vedetas (o guarda-redes, Pilro, Morata e Pogba, entre outros) foram inferiores ao trio maravilha (Messi, Luis Suarez e Neymar), imparável em termos de eficácia atacante.

Quinta vitória na Liga dosCampeões foi a cereja no bolo de uma época triunfante da equipa da Catalunha, devido aos êxitos na Liga de Espanha e na Taça do Rei. Portentoso!



publicado por António Castro às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 4 de Junho de 2015
Vergonha no futebol português

Benfica e Sporting estão de pernas para o ar. Colectividades, no entanto, sem qualquer responsabilidade em insólita situação.

Nesta perspectiva, são os homens que supostamente os servem - ou serviram - a aparecer na crista da onda em mar revolto.

Luís Filipe Vieira ou Bruno Carvalho e Jorge Jesus ou Marco Silva andam nas bocas do mundo. Ainda faltam os "capangas" de um e outro lado. Para manterem os lugares actuam como vozes dos respectivos donos...

Emitir opinião neste momento será prematuro. Ninguém tem dúvidas, contudo, do vergonhoso estado em que caiu o futebol português.



publicado por António Castro às 23:03
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 3 de Junho de 2015
Chefe, Sempre

Ao regressar após longa ausência, devido a problemas de pouco interesse para os leitores, não abordarei, a título excepcional, qualquer tema de desporto.

Muito já foi dito sobre o meu chefe Fernando Pires no Diário Notícias, falecido na madrugada no dia 24 do passado mês.

Quero relembrar que o meu amigo de longos anos, com quem muito aprendi profissionalmente, também se estreou como jornalista na área desportiva, no extinto Mundo Desportivo.

Razão porque não posso esquecer que o Chefe, neste dia 3, era o do seu aniversário. Sempre!

Até amanhã.  



publicado por António Castro às 23:50
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014
Casillas e o... Natal

A recente derrota do Barcelona em Santiago Bernabéu moralizou os jogadores do Real Madrid, agora apenas a um ponto do grande rival na Liga.

Sentimento expresso na afirmação do guarda-redes Iker Casillas: «O nosso objectivo é pensar no que está a seguir, por isso queremos chegar à liderança antes do Natal».

O capitão do Madrid não deve conhecer a realidade vivida até há poucos anos no Sporting. Era precisamente no Natal que perdia todas as ilusões criadas no princípio de cada temporada.

Importa ter cuidado com as palavras...



publicado por António Castro às 18:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Quarta-feira, 29 de Outubro de 2014
Políticos servem-se do futebol

"O Barcelona conquistou a Supertaça da Catalunha, depois de vencer, nas grandes penalidades, o histórico rival Espanhol". Esta notícia seria banal caso não existissem outras razões para além de um jogo de futebol.

Foi a primeira vez que tal aconteceu na região autónoma.

Não é uma prova do calendário de Espanha nem da UEFA.

Significa apenas que alguns políticos catalães recorrem à força do futebol na "cruzada" para se libertarem da tutela de Madrid, reivindicação que o Governo central se recusa discutir.



publicado por António Castro às 23:20
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014
Luís Duque atirado à fogueira

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional, já antes de ter como primeiro presidente Valentim Loureiro, eleito em 22 de Setembro de 1988 (a posse aconteceu a 10 de Fevereiro do ano seguinte), teve uma gestação e um parto difíceis. Ao relembrar algumas dos acontecimentos posteriores, praticamente desde sempre, a instituição nasceu com doença incurável.

Não interessam nomes, sejam de Luís Duque ou dos proponentes do antigo dirigente de Alvalade - presidentes do Benfica (Luís Filipe Vieira) e FC Porto (Pinto da Costa), e o comportamente do ainda responsável da Liga (Mário Figueiredo) para se perceber que não se pretende uma construir uma entidade unida e disposta a defender os interesses de todos os filiados, mas manter a desunião para atingir interesses parcelares.

À vista está mais uma machadada na credibilidade do futebol nacional.



publicado por António Castro às 22:33
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Domingo, 19 de Outubro de 2014
Escorregadela de Espírito Santo

A carreira de Nuno Espírito Santo ao serviço do Valência estava a supreender. Sem derrotas na Liga, a visita à Corunha não era encarada com maior preocupação do que os anteriores embates.

«Tantas vezes vai o cântaro à fonte que numa delas parte-se a asa», diz o ditado. Aconteceu agora com um dos treinadores portugueses a fazer sucesso no estrangeiro, ao sofrer uma derrota pesada (3-0, na Corunha).

«Uma equipa que quer estar na Champions não vai ter duas derrotas seguidas», foi a reacção de Nuno Espírito Santo, referindo-se à próxima visita do Elche.

Determinado e esclarecido, como já se tinha apresentado desde que assumiu as funções de técnico, indicou o caminho: «Quando analisas um jogo destes tens que sentar-te e, depois, trabalhar e ser mais rígido. Vamos dar uma resposta diferente diante dos adeptos no próximo jogo e voltaremos a ser a equipa com caráter que temos sido até aqui».

Assim seja...



publicado por António Castro às 23:18
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sábado, 18 de Outubro de 2014
Leões vergam Dragões

Aconteceu o menos previsível. Ninguém contesta que Alvalade aproveitou jogadores da formação e contratou alguns estrangeiros com valor que há muito tempo não se via em Alvalade. Inegável que o trabalho de Marco Silva está a corresponder às expectativas criadas ao serviço do Estoril.

Por outro lado, são vastos os elogios ao plantel dos portistas e todos acreditavam que o novo responsável técnico, o espanhol Julen Lopetegui, faria esquecer a Pinto da Costa a decisão pouco conseguida de contratar Paulo Fonseca na época passada.

No primeiro embate da época, em Alvalade, para a I Liga, os lisboetas consentiram um empate, mas a impressão deixada pelos portistas não foi convincente, sensação que se mantém desde essa altura, apenas com alguns "fogachos". Mesmo assim, a continuidade na Taça de Portugal parecia mais acessível aos anfitriões, embora se saiba que futebol não é uma "ciência" exacta.

Justo foi, no entanto, o apuramento do Sporting. Começam a soar a falso as frequentes desculpas de Lopetegui, incluindo eventuais lapsos de arbitragem.

Os leões, exibiram-se, colectiva e individualmente, uns furos acima dos dragões, que têm de arrepiar caminho, pois os seus adeptos já demonstram demasiado descontentamento.



publicado por António Castro às 23:33
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014
Mourinho "anima" diálogo no futebol...

José Mourinho está sempre presente na ribalta internacional. Dois casos recentes revelam a sua personalidade, adjectivada das mais diversas maneiras. Sobre o facto de Vicente del Bosque ter utilizado Diego Costa - derrota (2-1) da Espanha na Eslováquia, na qualificação do Europeu 2006 - sem estar nas melhores condições físicas, o português foi lacónico: «Não costumo falar com os seleccionadores sobre esses casos. Alguns telefonam-me a pedir informações, mas creio que não vale a pena perder tempo com isso, pois não se podem evitar as decisões dos responsáveis das selecções.

Do realismo à ironia. Criticado pelos treinador e assistente do Aston Vila por pretender cumprimentá-los antes de terminado o encontro em que o Chelsea venceu por 3-0, não demonstrou arrependimento e limitou-se a responder: «Aprecio esses comentários. Penso que Paul Lambert e Roy Keane são bons exemplos de pessoas polidas e bem educadas, e eu sou um homem humilde que tenta aprender cada dia, através de cada experiência.

José Mourinho não ficou por aqui e perante a pergunta se voltaria a ter a mesma atitude, disse laconicamente: «Sim!» Ninguém fica sem resposta se der oportunidade ao Happy One.



publicado por António Castro às 23:50
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
17
18
19
20

21
23
25
26
27

28
29
30


artigos recentes

Final triste de um jogo d...

José Mourinho dá lições e...

Vitória sobre Itália anim...

Génio de CR7 salva selecç...

Benfica termina com tabu

"Saco de gatos" no Sporti...

Barcelona portentoso

Vergonha no futebol portu...

Chefe, Sempre

Casillas e o... Natal

arquivos

Junho 2015

Outubro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

académica(19)

adeus(12)

alterações(8)

alvalade(25)

apuramento(17)

arbitragem(26)

arsenal(8)

barcelona(25)

belenenses(12)

benfica(196)

bento(13)

blatter(9)

braga(101)

brasil(12)

campeão(11)

campeões(36)

carvalhal(8)

castigo(8)

chelsea(11)

clubes(16)

costinha(11)

cr7(16)

crise(22)

cristiano(12)

cristiano ronaldo(18)

demissão(8)

derrota(12)

desilusão(18)

desporto(16)

diferenças(8)

dirigentes(14)

dragão(29)

dragões(19)

eleições(12)

empate(15)

espanha(22)

espectáculo(11)

estoril(15)

estreia(9)

europa(39)

fc porto(116)

fcporto(17)

fifa(16)

final(9)

fpf(8)

futebol(840)

gil vicente(9)

goleada(20)

guimarães(30)

inglaterra(10)

inter(17)

itália(9)

jesualdo(15)

jesualdo ferreira(9)

jesus(29)

jogadores(8)

jogos olímpicos(9)

jorge jesus(15)

jornalistas(8)

leixões(9)

leões(16)

liedson(10)

liga(43)

luz(15)

madrid(24)

manchester(11)

manchester united(10)

marítimo(14)

messi(8)

milhões(8)

mourinho(73)

mundial(17)

nacional(9)

nani(9)

olhanense(9)

pacenses(11)

paciência(12)

paulo bento(16)

pinto da costa(12)

platini(9)

portugal(25)

presidente(13)

queirós(20)

quique flores(8)

real madrid(10)

regresso(12)

salários(9)

salvador(14)

selecção(81)

setúbal(10)

sofrimento(16)

sporting(189)

surpresa(31)

surpresas(9)

taça(19)

taça da liga(10)

transferências(10)

treinador(25)

treinadores(17)

uefa(25)

todas as tags

links
Visitas
Adicionar as contagens de 2008 a 2012 - 59512